Rede Bitcoin é oito vezes mais poderosa agora do que quando chegou a US$ 20 mil

O Bitcoin (BTC) agora tem mais poder de computação por trás de sua segurança do que nunca, passando por outro marco à medida que a taxa de hash alcança seu maior patamar em todos os tempos.

Os dados do recurso de monitoramento Blockchain confirmaram que a taxa de hash total da rede Bitcoin atingiu um pico de 79 tera hashes por segundo (TH/s) em 20 de julho.

Bitcoin network hash rate, courtesy of Blockchain.info

Taxa de rate da rede Bitcoin, cortesia da Blockchain.info

Amplamente aceita como uma medida de quão sólida a segurança de transações do Bitcoin se tornou, a taxa de hash quebrou vários recordes nas últimas semanas e meses. Como relatado pelo Cointelegraph, os recordes mais recentes aconteceram em 21 de junho (65 trilhões de TH/s) e 1º de julho (70 trilhões de TH/s).

O número diminuiu no final de semana depois de atingir a marca de 79 trilhões. No domingo, o dia mais recente para o qual há dados disponíveis, o total da taxa de hash foi registrado em 67,1 trilhões de TH/s, flutuando regularmente enquanto ainda definia uma tendência geral de aumento. Em outras palavras, a rede Bitcoin agora tem quase oito vezes o poder de computação que tinha quando o preço do Bitcoin estava em torno de US$ 20 mil no final de 2017.

O recorde, no entanto, veio apesar de uma queda nos ganhos do preço do Bitcoin, que escorregou das recentes altas de US$ 13.800 há duas semanas.

Desde então, a pressão regulatória levou os mercados a despencar para US$ 9.125, algo que não afetou o desempenho da rede. Como observou o Cointelegraph, as taxas de transação do Bitcoin também permanecem baixas, apesar das flutuações de preço e volume.

O desempenho da mineração, que avançou desde a base do mercado de touro do Bitcoin em dezembro de 2018, agora vai girar cada vez mais em torno do halving (queda pela metade da recompensa por bloco) de maio de 2020.

Essa foi a conclusão tirada pela nova análise do trader regular Filb Filb na semana passada, que observou que o preço do Bitcoin provavelmente teria mais influência das mineradoras no próximo ano.

O halving de recompensa por bloco diminuirá a quantidade de Bitcoin "novo" recebido por bloco de transações verificadas pelos mineradores, de 12,5 BTC para 6,25 BTC.

A dificuldade de mineração do Bitcoin, que também atingiu novos picos recentemente, provavelmente sofrerá novos aumentos, à medida que a taxa de hash continue a se expandir.