Volumes de negociação institucional de Bitcoin tem quarto mês de crescimento, relata a Diar

As negociações de produtos de investimento institucionais de Bitcoin (BTC) tiveram crescimento pelo quarto mês consecutivo e estão subindo em relação às exchanges cripto baseadas nos EUA como porcentagem do volume total de negociações. A notícia foi revelada em um novo relatório da mídia semanal de cripto Diar, em 8 de abril.

Os dados de Diar revelam que, mês a mês, a porcentagem que os produtos BTC institucionais contabilizam do volume total de Bitcoin continuou crescendo, com 15% em janeiro de 2019, 17% em fevereiro, 18% em março e agora 19%. em abril.

Os dados de Diar enfocam notavelmente três produtos institucionais - futuros de Bitcoin da Chicago Mercantile Exchange (CME), futuros de Bitcoin da Chicago Board Options Exchange (CBOE) e Bitcoin Investment Trust (GBTC) da Grayscale.

Institutional Bitcoin products as percentage share of total trade volumes

Produtos institucionais de Bitcoin como porcentagem do volume total de transações. Fonte: Diar, Vol. 3. Edição 10

A crescente participação, notavelmente, não representa uma alta de todos os tempos, que foi de 24% em julho de 2018, de acordo com os dados da Diar. Além disso, a crescente popularidade relativa de produtos institucionais surge em meio a um cenário de declínio dos volumes de negociação de Bitcoin no contexto geral dos EUA:

U.S. exchange and institutional product Bitcoin trade volumes

Volumes de negociação de produto de Bitcoin de exchange e produto institucional dos EUA. Fonte: Diar, Vol. 3. Edição 10

Como Diar observa, o CBOE logicamente viu o maior declínio no domínio do mercado, tendo retirado o mercado de futuros de Bitcoin em meados de março deste ano, ao reavaliar sua abordagem de listar ofertas de derivados de cripto.

A Diar afirma ainda que o GBTC da Grayscale, que negocia com o OTCMarkets, também teria perdido o domínio. Tendo representado mais de 50% da participação de mercado entre os três produtos institucionais, agora está supostamente abaixo de metade, com 24%.

Como um contexto para suas descobertas, Diar menciona uma análise recente do provedor de fundos de índice de cripto Bitwise Asset Management que argumentou que 95% do volume em exchanges desreguladas parece ser de natureza falsa ou não econômica.

Embora as suspeitas em relação aos volumes relatados frequentemente afetem a indústria, os dados e as reclamações da Bitwise foram notavelmente submetidos à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA.