Governo da Índia vai lançar estratégia nacional de blockchain

O governo da Índia está trabalhando em uma estratégia naciona de blockchain para expandir a adoção da tecnologia no país. 

Conforme o India Times noticiou em 27 de novembro, o Ministério de Eletrônica e Tecnologia da Informação da Índia (MeitY) disse que reconhece o potencial da tecnologia blockchain e a necessidade do desenvolvimento de uma infraestrutura compartilhada para aplicação de casos de uso relacionados. O Ministério acrescentou que está trabalhando na "Estrutura de Nível Nacional de Blockchain".

O Ministro de Estado do Desenvolvimento de Recursos Humanos, Comunicações e Eletrônica e TI, Sanjay Dhotre, destacou a capacidade e o potencial da blockchain em setores como governança, bancos, finanças e segurança cibernética, entre outros.

Estados indianos já estão desenvolvendo políticas de blockchain

O Cointelegraph já publicou anteriormente que o estado indiano de Tamil Nadu estava trabalhando em uma política em nível estadual para a tecnologia blockchain e inteligência artificial. As políticas de blockchain e IA de Tamil Nadu devem estabelecer regras básicas sobre como o governo estadual poderia aplicar as tecnologias emergentes na prestação de serviços e resolver problemas de governança.

No início deste ano, o estado de Telangana, no sul da Índia, também lançou um projeto para políticas de blockchain, que visava estabelecer um ecossistema para startups e institutos de pesquisa em blockchain. A iniciativa teria um foco particular em projetos que trabalham para desenvolver aplicativos blockchain para o setor bancário e financeiro, produtos farmacêuticos, logística e soluções para setores governamentais.

Posição da Índia sobre criptomoedas

Embora a Índia declare ser um país pró-blockchain, sua posição em relação às criptomoedas é definitivamente hostil. Em julho, o governo indiano propôs uma lei intitulada "Proibição de criptomoeda e regulamentação de moedas digitais oficiais", que pretendia não apenas proibir completamente o uso de criptomoedas na Índia, mas também introduzir uma "rupia digital" emitida pela banco central do país, o Reserve Bank of India.