Índia: mídia reporta que Banco Central adiou planos de criar a "cripto rupia"

O Banco Central da Índia (RBI) está pausando seus planos para liberar uma moeda digital, informou a rede de negócios indiana Hindu Business Line em 1º de janeiro.

O banco central da Índia havia anunciado originalmente suas intenções de considerar uma moeda digital do banco central (CBDC) em abril deste ano, quando notou o estabelecimento de um grupo interdepartamental para examinar possíveis vantagens e viabilidade.

Em agosto, a RBI confirmou a criação do grupo, especificando que estava pesquisando um CBDC que receberia o apoio da rupia por motivos que incluíam o custo da impressão de papel e a crescente popularidade do uso de tokens digitais.

Agora, em meio à confusão sobre as descobertas exatas do grupo, que permanecem um mistério, Delhi aparentemente mudou de idéia.

“O governo não quer mais a moeda digital. Acha que ainda é cedo para pensar em uma moeda digital”, afirma a Hindu Business Line, citando uma fonte não identificada.

A hesitação ecoa o que o governo mostrou na semana passada sobre o tema da regulação da criptomoeda. Os ativos não-CBDC, como o Bitcoin (BTC), permanecerão em uma área cinzenta no futuro previsível, disse um ministro do estado ao parlamento, dizendo que a questão estava sendo abordada com a devida cautela.

As expectativas eram de que a Índia colocaria alguma forma de estrutura regulatória em vigor em 2018, em meio à ira com a proibição do RBI em relação ao processamento de transações cripto pelos bancos.

O governo, enquanto isso, continua buscando formas de reduzir o uso de dinheiro na Índia enquanto anexa transações aos dados biométricos dos consumidores através do esquema Aadhaar - supostamente o maior sistema de identificação biométrica do mundo, que contém os registros de mais de um bilhão de pessoas.

Alguns partidos pareceram aliviados com o arquivamento da opção CBDC.

"É prematuro para a RBI lançar a criptomoeda, uma vez que é necessário obter um maior entendimento da economia criptográfica", disse Praveen Kumar, fundador da cripto local, à Hindu BusinessLine. Ele adicionou:

"É uma decisão certa adiar o processo e ver como a economia peer-to-peer de capital aberto está se moldando".