Índia: Bitcoin é usado mais para especulação enquanto o governo perde o foco

Enquanto o governo indiano continua a avançar iniciativas para estudar o ambiente regulatório para Blockchain e criptomoedas, a conscientização e uso de Bitcoin e criptomoedas continua a crescer no país asiático.

Crescimento dos usuários do Bitcoin

A aclamada casa de câmbio de Bitcoin de crescimento mais rápido na Índia, a Bitxoxo atingiu um marco de 100 mil usuários em sua plataforma.

Em um comunicado de imprensa, a empresa afirma ter consistentemente adicionado entre 10.000 a 20.000 usuários por mês, o que levou a sua quantidade atual de usuários.

Elaborando o crescimento, o cofundador e CEO da Bitxoxo Hesham Rehman, diz,

"Trabalhamos implacavelmente para criar conscientização sobre os investimentos da Bitcoin. A Índia está muito pronta para aceitar uma revolução monetária à medida que está se movendo para a aceitação da tecnologia. Este será mais um para o mesmo portfólio. O crescente número de usuários reflete que o Bitcoin está ganhando popularidade e confiança. Estamos certos de que os números ainda vão subir ".

Reações misturadas

As autoridades indianas apresentaram reações variadas em relação ao Bitcoin e criptomoedas, especialmente em 2017.

No início do ano, o ministério da economia recomendou que o governo indiano desencoraje o uso do Bitcoin.

Por outro lado, está sendo elaborada uma proposta de regulamentação do Bitcoin e das criptomoedas. Aparentemente, a Índia está mostrando algum interesse real em assuntos que dizem respeito às moedas digitais.

O palestrante e influenciador do Blockchain, Kumar Gaurav diz à Cointelegraph que o governo indiano está visando acabar com a corrupção e avançar com a digitalização, com projetos como UPI e Aadhar. No entanto, dado que o banco indiano e os sistemas de pagamento estão avançados, as criptomoedas não são vistas como uma ferramenta de pagamento necessária para resolver qualquer problema existente.

Especulação

Gaurav observa que o Bitcoin e outras criptomoedas são usadas pelos indianos principalmente para especulações e criação de dinheiro.

Gaurav explica que na Índia apostas ou qualquer tipo de investimento que não está regulamentado é ilegal. A Índia como país tem controles de capital, de modo que o Ministério das Finanças irá desencorajar o uso de moedas digitais.

Gaurav diz:

"O governo indiano está tentando o seu melhor para entender o sistema e a tecnologia por trás do Bitcoin. Ainda levará algum tempo até que uma decisão possa ser alcançada que possa ser declarado como seguro. Além disso, o ecossistema do Bitcoin na Índia não está em um estágio em que o governo deva tomar ações ousadas e declarar que é completamente ilegal ".

Crescimento da tecnologia

Os governos estaduais da Índia estão experimentando um tremendo crescimento nos setores de aplicativos Blockchain, onde está criando um valor claro. Recentemente, o Grupo Auxesis movimentou 53 milhões de pessoas na rede Blockchain para o Governo do Estado da Índia e agora estão trabalhando em questões que surgiram devido a uma implementação de grande escala.

Gaurav não espera muita criação de valor a curto prazo devido ao Bitcoin no ecossistema indiano. Ele observa que ao governo merece ser dado tempo suficiente para resolver isso e chegar a uma decisão final sobre os investimentos do Bitcoin. Enquanto isso, as pessoas podem desfrutar da especulação.