Huobi Coreia reforça medidas contra lavagem de dinheiro para cumprir legislação local

A Huobi Coreia, filial sul-coreana da sexta maior exchange de criptomoedas do mundo, reforçou recentemente suas medidas contra lavagem de dinheiro (AML), segundo um comunicado compartilhado com o Cointelegraph nesta quinta-feira, 21 de fevereiro.

De acordo com o comunicado, a Huobi Coreia revisou seus processos de depósito e retirada e de supervisão nas transações fiat-cripto. A empresa monitorará de perto todas as negociações que possam parecer suspeitas. Além disso, a exchange diz que atualizará regularmente seus algoritmos de sistema de detecção de fraudes.

Além disso, a Huobi está pronta para lançar uma linha direta intra-exchanges a fim de impedir o roubo de identidade, phishing de voz e outros tipos de fraude. De acordo com o comunicado, as medidas foram tomadas para cumprir os regulamentos e diretrizes da Comissão de Serviços Financeiros da Coreia (FSC).

No momento de publicação desta notícia, a Huobi Global era a sexta maior exchange de criptomoedas do mundo por volume ajustado. De acordo com o CoinMarketCap, seu volume de negociação das últimas 24 horas supera US$ 496 milhões.

No final de 2018, o FSC oficialmente libebrou os bancos para trabalharem com as criptos exchanges pela primeira vez na história, estabelecendo um marco importante para a indústria local de criptomoedas

No início de janeiro, o governo coreano revelou os resultados de sua auditoria de segurança das exchanges locais, realizado entre setembro e dezembro de 2018. A Bithumb, a Coinone e a Korbit, além de outras quatro grandes exchanges atenderem aos requisitos do governo. No entanto, outras 14 plataformas não passaram na auditoria.

Recentemente, as coreanas Bithumb, Upbit, Korbit e Coinone estabeleceram uma linha direta onde os usuários podem compartilhar informações sobre qualquer negociação incomum ou pagamentos que possam estar relacionados a crimes, como esquemas de pirâmide. As exchagens adotaram o bloqueio de todas as contas envolvidas em transações suspeitas como procedimento nesses casos.