Professores da Harvard preveem o desmoronamento do Bitcoin devido a regulamentação governamental

De acordo com alguns professores de economia da Harvard, o Bitcoin acabará sendo destruído através do peso das regulamentações governamentais. O professor Kenneth S. Rogoff acredita que o risco do anonimato financeiro acabará por criar um ambiente onde a regulamentação esmagaria o Bitcoin. Ele disse:

"Pequenas transações anônimas com moedas virtuais ... seriam atraentes, mas os pagamentos anônimos em larga escala tornariam extremamente difíceis as cobranças de impostos ou ainda a luta contra atividades criminosas".

A perspectiva é mútua, embora que em um ponto de vista diferente de Jeffrey A. Miron, cuja abordagem libertária o torna mais solidário. No entanto, ele acredita que os governos centrais irão acabar com a existência da tecnologia. Ele disse:

"[O governo] poderia deixar que as criptomoedas existissem de forma pacífica e não aceitá-las como forma de pagamento. Iisso é o que eu acho que deveria acontecer. Mas eu acho que, mais cedo ou mais tarde, os governos irão banir as criptomoedas da face da Terra."

O potencial da regulamentação governamental é certamente real, já que várias nações têm acesso limitado às informações de operações de Bitcoin e outras criptomoedas. A China reconhecidamente proibiu as ICOs (ofertas iniciais de moedas) e restringiu o acesso às operações de Bitcoin.

Anonimato?

Também deve, naturalmente, ser lembrado que Bitcoin não é de modo algum anônimo. Os usuários assíduos cometem erros que enfraquecem ou eliminam o psuedo-anonimato da Bitcoin. Como a Cointelegraph relatou anteriormente, o IRS contratou os serviços da Chainline para análise do Blockchain e, assim, ajudá-los a fazer trapaças em impostos para não acusar seus lucros em Bitcoin.


Siga-nos no Facebook