Idosa é presa na China por roubo de energia usada na mineração de Bitcoin

Uma idosa de 61 ano foi presa na China por roubar energia para minerar Bitcoin. Segundo informações do China Judgements Online, além da prisão a vozinha foi multada em 10.000 iuans (cerca de US$ 1.450).

Chang Guifeng, que mora em Tangshan (uma cidade na província de Hebei, norte da China),  supostamente roubou eletricidade durante janeiro a outubro de 2018 para abastecer quatro plataformas de mineração bitcoin.

Guifeng foi condenada a cobrir os custos de eletricidade acumulados durante todo o período em que roubou a energia e teve seus equipamentos confiscados pelos autoridades.

A senhora não é o primeiro idoso a ser pego roubando energia para minerar criptomoedas. Em agosto de 2018 um homem da província de Shanxi foi condenado a 3,5 anos de prisão por roubar energia de cabos usados para abastecer uma linha férrea chinesa. A energia era usada para abastecer cerca de 50 equipamentos de mineração.

Uma reportagem do Cointelegraph revelou também que as autoridades estatais da província chinesa de Sichuan vão investigar fazendas de mineração de Bitcoin (BTC) locais que teriam sido construídas ilegalmente.