Quatro bancos testam nova plataforma blockchain para processamento de empréstimos de notas promissórias com sucesso

Um grupo de quatro bancos teve sucesso na emissão de uma nota promissória — um tipo de acordo de empréstimo com vinculação jurídica — através de uma nova plataforma blockchain finledger, conforme foi anunciado em 21 de maio em um comunicado.

As instituições financeiras usaram a finledger para concluir a transação. Segundo o Helaba, um dos bancos envolvidos, a plataforma reduz em mais de 50% as etapas envolvidas na emissão de tal nota.

Assim como eliminar a necessidade de credores reterem documentos ou de os mutuários enviarem valores, os bancos alegaram que a tecnologia ajuda a reduzir os riscos e os custos associados ao processo.

Os bancos DekaBank, dwpbank, DZ Bank e Helaba estiveram envolvidos na transação piloto, e agora há planos de lançar a finledger para toda a indústria. Peter Tenbohlen, diretor de operações do DZ Bank, completou:

“Como a digitalização teve progresso, a demanda dos nossos consumidores por serviços digitais cresceu significativamente.Graças à experiência conjunta de quatro bancos, estamos agora apresentando uma nova plataforma através da qual transações comerciais podem ser processadas de forma totalmente automática. ”

O Helaba, um dos mais importantes bancos da cidade alemã de Frankfurt, recentemente uniu-se à rede financeira baseada em tecnologia de ledger  Marco Polo.

No começo do mês, três bancos aderiram à plataforma de empréstimos sindicalizados baseados na blockchain R3 Corda Finastra — permitindo a instituições financeiras compartilhar instantâneamente registros como acordos de crédito e aumento de saldo.