Marco Polo incorpora três novos membros à sua rede de finanças comerciais

A rede de financiamento ao comércio com base em tecnologia de contabilidade distribuída (DLT), Marco Polo, incorporou três novos membros para propósitos de avaliação, de acordo com um anúncio publicado em 25 de abril.

A Marco Polo Network é um empreendimento conjunto com a empresa de tecnologia TradeIX, a empresa de software empresarial R3 e outras 20 instituições financeiras internacionais. A iniciativa fornece uma plataforma de classe de vários ativos que oferece serviços de corretoras, transações com várias moedas, incluindo ações, opções, futuras e outros serviços relacionados.

No anúncio recente, a empresa revelou que se juntou ao fornecedor de serviços financeiros para as economias alemã e bávara, o BayernLB, um dos principais bancos da cidade alemã de Frankfurt, o Helaba, e o maior fornecedor de serviços administrativos nos bancos de poupança. Grupo Financeiro, S-Servicepartner.

Comentando sobre a cooperação, Florian Seitz, Diretor de Comércio e Exportação Financeira, o BayernLB disse que “unir-se à rede Marco Polo melhora consideravelmente nossa gama de soluções digitais para o benefício de nossos clientes. Isso nos permite liquidar transações financeiras comerciais com segurança e transparência”.

Ontem, a Cointelegraph informou que o principal banco japonês, a Sumitomo Mitsui Banking Corporation (SMBC), vai alavancar a rede blockchain Marco Polo, do R3, para o trade finance. O produto conduziu com sucesso suas primeiras operações de trade finance no final de março, uma operação envolvendo duas empresas alemãs e o banco local Commerzbank.

Em março, a principal bolsa de valores da Suíça, a SIX Swiss Exchange, optou por usar a plataforma Corda Enterprise, do consórcio R3, para sua exchange digital baseada em blockchain. Em fevereiro, a Wall Street Blockchain Alliance juntou-se ao consórcio R3 para desenvolver aplicações e soluções em sua plataforma Corda.