Ex-congressista dos EUA pede regulamentação diferenciada sobre criptomoedas

O ex-deputado dos Estados Unidos, Harold J. Ford, argumentou que o Congresso deveria ter uma abordagem diferenciada para regular as criptomoedas.

Em um artigo publicado na CNBC em 5 de setembro, Ford disse que os legisladores e reguladores deveriam desenvolver legislação clara para as moedas digitais. Ele observou um comentário de Chris Larsen, presidente executivo e co-fundador da startup de blockchain Ripple, que declarou ao Congresso: “Por favor, não somos todos iguais” ao se referir à indústria cripto.

Separar cripto da Libra

Ford abordou especificamente a questão do gigante da mídia social Facebook e sua ainda não lançada Libra. Ford pediu aos legisladores que separem a indústria de criptomoedas em geral da questão do Facebook.

De acordo com o ex-congressista democrata, a falta de clareza regulatória já está causando danos à inovação nos EUA, observando ainda que outros países como Bielorrússia, Malta, Bahrein e Gibraltar já estão trabalhando em estruturas reguladoras atraentes para criptomoedas e projetos de blockchain. Ford declarou:

“Os EUA não devem perder a vantagem competitiva ao atrair os melhores e mais brilhantes desta inovação. O Congresso agora tem a oportunidade de liderar a regulamentação que trabalha com a indústria, e não contra ela.”

No início de setembro, a Financial Integrity Network (FIN) - uma consultoria com sede em Washington D.C. — apelou ao Congresso para regulamentar empresas no setor de criptomoedas sob a Lei de Sigilo Bancário (BSA).

O vice-presidente de desenvolvimento e serviços de produtos da FIN, David Murray, argumentou que alguns provedores de serviços de ativos virtuais são atualmente regulamentados como transmissores de dinheiro sob a BSA, enquanto outros não são regulamentados.

No final de agosto, a deputada Maxine Waters, presidente do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara dos Deputados dos EUA, disse que o comitê continuará analisando a Libra e a carteira digital correspondente, Calibra.