David Marcus, do Facebook, garante ao Congresso que o Libra irá colaborar com os reguladores

David Marcus, diretor da Calibra no Facebook, escreveu uma carta à presidente Maxine Waters e membros do Comitê de Serviços Financeiros da Câmara, em preparação para as próximas audiências do Libra, de acordo com um relatório da The Hill em 9 de julho. 

De acordo com o relatório, Marcus escreveu: "Quero lhe dar minha garantia pessoal de que estamos comprometidos em tomar o tempo para fazer isso direito".

Além de ser o chefe da carteira da Calibra o LinkedIn lista David Marcus como o co-criador da Libra.

A carta de Marcus é apenas a mais recente de uma longa reunião entre o Congresso e o Facebook desde que esta publicou o write paper de sua criptomoeda Libra. Esse vai e vem começou em meados de junho, quando Waters escreveu um comunicado expressando suas preocupações e o desejo de que o Facebook parasse de trabalhar no Libra, dizendo:

"Dado o passado conturbado da empresa, estou solicitando que o Facebook concorde com uma moratória em qualquer movimento para o desenvolvimento de uma criptomoeda até que o Congresso e os reguladores tenham a oportunidade de examinar essas questões e agir".

Waters e o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara também pediram que o Facebook e seus parceiros imponham uma moratória oficial sobre o desenvolvimento do Libra. 

Em 2 de julho, uma coletânea de grupos de defesa apresentou uma carta com suas próprias perguntas, bem como um pedido de moratória sobre o desenvolvimento do Libra.

Marcus postou no Facebook no dia 3 de julho, uma resposta a estas preocupações e salientou que o Facebook teria um papel limitado no governança da stablecoin - que seria coordenada pelos mais de cem membros da Associação Libra. 

Como previamente relatado pelo Cointelegraph, o Comitê de Serviços Financeiros da Câmara vai ouvir o testemunho de Facebook sobre Libra em 17 de julho David Marcus, segundo rumores irá depor nesta audiência, bem como na audiência do Comitê Bancário do Senado em 16 de julho.