David Marcus, do Facebook, discute questões sobre a confiança no Libra

David Marcus, diretor da Calibra do Facebook enfatizou que os usuários do Libra não terão que depositar sua confiança no Facebook, em um post no dia 3 de julho.

Marcus reiterou que o Facebook não é o único membro do Consórsio Libra e que eles estão abandonando o controle da rede. No post, ele diz:

“O Facebook não controlará a rede, a moeda ou a reserva que a apóia. O Facebook será apenas um entre mais de cem membros da Associação Libra. Não teremos direitos ou privilégios especiais. ”

Renunciar ao controle sobre a infraestrutura por trás do Libra é precisamente o que o CEO da Polychain, Carlson-Wee, disse que seria a melhor estratégia para o Facebook. Na conferência blockchain da Consensus 2019 em maio, Carlson-Wee disse:

“Eu acho que o movimento estratégico para o Facebook seria realmente construir infraestrutura pública. E essa infraestrutura pública poderia ser incorporada em todas as plataformas do Facebook, que obviamente são proprietárias. Mas essa infraestrutura pública, se eles não tentarem ser donos, acho que é onde eles terão mais sucesso”

Marcus também disse que, enquanto o Facebook possui a empresa que controla a  carteira de criptomoeda, a Calibra, nenhum dado financeiro estará disponível para o Facebook. Além disso, ele disse que os usuários são livres para usar uma gama de carteiras custodiais e não custodiais de diferentes empresas para armazenar e fazer transações com Libra.

Uma carteira não custodial recentemente anunciada é a ZenGo, que forneceu uma demonstração de prova de conceito para o apoio da Libra. Esta carteira supostamente elimina a necessidade de armazenar chaves privadas usando uma solução de chave distribuída entre várias partes, em vez de existir como uma cadeia de caracteres.

Marcus diz que, em última instância, os usuários não precisam confiar no Facebook apenas para usar o Libra:

“Bottom line: Você não precisará confiar no Facebook para obter os benefícios do Libra. E o Facebook não terá nenhuma responsabilidade especial sobre a Rede Libra…. Temos sido claros sobre nossa abordagem à separação de dados financeiros e cumpriremos nossos compromissos e trabalharemos arduamente para oferecer utilidade real. ”

O anúncio acontece apenas um dia depois de membros do Congresso dos Estados Unidos terem solicitado que o Facebook imponha uma moratória ao desenvolvimento do Libra até que possa ser examinado mais detalhadamente.

Audiências no Senado e na Câmara dos Deputados - nas quais Marcus aparecerá ostensivamente - estão agendadas para 16 de julho e 17 de julho , respectivamente.