Transfero e startup brasileira vão tokenizar Nissan GT-R Skyline, que ficou famoso no filme Velozes e Furiosos

A startup brasileira MyToken em parceria com a suíça Transfero e a japonesa, Style Car Shop, revelaram com exclusividade ao Cointelegraph, que iniciaram um processo de tokenização de um veículo esportivo raro, um Nissan GTR Skyline V-Spec II.

O veículo teria ficado famoso por ter sido usado na série de filmes Velozes e Furiosos e no jogo Need For Speed. Contudo o carro que será tokenizado não é o mesmo usado no filme. Entretano, segundo os organizadores, seria um carro raro que, com toda sua configuração, só haveria dois no mundo, um dele em um museu.

Segundo a empresa, o Chassi do carro é Spoteado pela Nismo e que, desta forma, só teriam sido produzidos dois chassis dessa forma, sendo que um está no museu da Nismo. Além disso, tirando o Chassi, só teriam sido produzidos 1668 modelos do veículo que seria considerado um dos melhores esportivos japoneses já feitos.

"Em 2025, é esperado o auge da valorização do carro por conta do fim da vigência da Lei dos 25 anos para esse carro específico, sendo que o valor alvo de venda dos tokens em 2020 é de $ 100,000 e o valor alvo de revenda em 2025 do carro é de US$ 250,000", segundo os criadores do projeto.

 

Ao Cointelegraph os organizadores do projeto, fizeram questão de destacar que todo o projeto, assim como o contrato inteligente determina que a empresa faça a queima e recompra dos tokens em 2025. No total serão emitidos 2.200 tokens custando inicialmente US$ 100.

"O projeto GTR Token nasceu de uma iniciativa conjunta entre a Transfero Swiss, a MyToken e a Style Car Shop, visando a criação de tokens que representam o valor de um veículo real. Tal iniciativa permite que investidores de qualquer lugar do mundo possam investir digitalmente em um veículo raro localizado no Japão. Após meses de estudos, modelagens financeiras e procura pelo veículo ideal, optamos por oferecer um raro Nissan GT-R R34 V Spec II ano 2001, produzido e mantido no Japão. O GT-R R34 atingiu grande fama através dos filmes da série Velozes e Furiosos, sob a denominação Nissan Skyline, assim como em jogos eletrônicos da série Need for Speed", alega a empresa.

O carro, segundo os organizadores, será guardado em uma garagem especializada no Japão e poderá ser monitorado em tempo real pelos investidores. Os organizadores também estudam a possibilidade de permitir a 'visitação' ao veículo tokenizado.

Recentemente, como noticiou o Cointelegraph, a Transfero Swiss,  iniciou a captação de recursos para seus três recém-lançados fundos de investimentos em criptomoedas. Os hedge funds crypto buscam levantar US$ 100 milhões em criptoativos.

Segundo o head de Investimentos da Transfero, empresa fundada por brasileiros, Carlos Franco Russo, a companhia busca se posicionar dentro de um movimento cada vez mais forte em que gestoras de criptoativos estão migrando para um mercado regulado.

“Em um futuro próximo, a tendência é que as gestoras de criptoativos passem a responder como gestoras tradicionais de ativos. E estamos indo em direção a isso junto com os players mais respeitados do mercado”, analisa.

Como os criptoativos ainda não são reconhecidos como ativo financeiro no Brasil, a gestora escolheu as Bahamas para sediar seus hedge funds. Os fundos terão, a princípio, menos de 100 investidores, dentro do contexto de clientes institucionais.

Confira mais notícias