Europol fecha o Bestmixer, serviço de mistura de cripto de US$ 200 milhões

Autoridades holandesas, luxemburguesas e a Europol fecharam um dos três maiores misturadores de criptomoedas, informou a Europol em 22 de maio.

Um misturador de criptomoedas, também conhecido como serviço de mixagem de criptomoeda, é uma ferramenta de anonimato que diz transformar transações de moedas não privadas em moedas privadas misturando fundos de cripto com outros, o que dificulta o rastreamento da fonte original dos fundos.

De acordo com o relatório, o Serviço de Informação e Investigação Fiscal (FIOD, na sigla em inglês) holandês apreendeu seis servidores do Bestmixer.io, que registrou um faturamento de pelo menos US$ 200 milhões desde seu lançamento em maio de 2018. O serviço era supostamente um dos três maiores serviços de mixagem de criptomoedas, incluindo Bitcoin (BTC), Litecoin (LTC), Bitcoin Cash (BCH) e outros.

Depois de iniciar uma investigação em junho de 2018, o FIOD, juntamente com a Europol e as autoridades luxemburguesas, proibiram a plataforma, pois descobriram que um grande número de moedas misturadas no Bestmixer provinham de atividades criminosas e ele foi supostamente usado para lavagem de dinheiro ou financiamento de atividades ilegais.

History of Cryptocurrency Laundering Service Bestmixer.io

Como a Europol observou, o fechamento do Bestmixer é a primeira ação legal de sua natureza contra um misturador de criptomoeda. No momento desta publicação, o site Bestmixer não estava operando, com um aviso do FIOD afirmando “você não é anônimo”.

Bestmixer

Captura de tela do site do Bestmixer no momento desta publicação

O FIOD supostamente coletou dados sobre todas as transações na plataforma no ano passado, incluindo mensagens de bate-papo, endereços de Bitcoin, endereços de IP e muito mais. A autoridade está planejando analisar as informações obtidas e compartilhar os resultados com outros países, observou a Europol.

No momento desta publicação, um sem número de mixers de cripto podia ser encontrados on-line, incluindo ChipMixer, BitMix.Biz e BitBlender, entre outros.

Recentemente, a Europol e a polícia alemã confiscaram os servidores de um mercado na dark web, detendo a cripto dos suspeitos presos.