Bitcoin travado: Clientes marcam manifestações nas sedes do Bitcoin Banco e Unick Forex

Clientes insatisfeitos com a falta de clareza nos anúncios e declarações de Leidimar Lopes, da suposta pirâmide financeira, Unick Forex, e de Cláudio Oliveira, do Grupo Bitcoin Banco, marcaram manifestações na sede das empresas.

No caso da Unick Forex, os clentes marcaram uma manifestação para ocorrer na sede da empresa em 01 de outubro e teriam convocado o SBT e a Rede Record, emissoras de televisão que, aos manifestantes, teriam confirmado presença no ato.

Já no caso do Grupo Bitcoin Banco esta é a terceira tentativa de organizar uma manifestação no local. Nas outras duas oportunidades, o protesto não conseguiu reunir mais que 10 clientes. A nova tentativa, assim como as outras, está sendo articulada nas redes sociais e está programada para ocorrer em 05 de outubro.

Ambas as empresas estão com saques atrasados e desde o primeiro semestre do ano não conseguem honrar o compromisso com os clientes. O caso da Unick Forex talvez seja o mais grave tendo em vista que a empresa vem sendo investigada pela Polícia Federal e há suspeitas de que os sócios da Unick esteja escondendo o dinheiro dos investidores am paraísos fiscais.

Já no caso do Grupo Bitcoin Banco, não há investigações políciais sobre suspeitas de fraude, entrentanto, há mais de 100 processos judiciais abertos contra a empresa por investidores em todos os estados do Brasil pedindo desde bloqueios de contas bancárias e até bens pessoais de Cláudio Oliveira.

Ainda sobre o GBB foi criado um abaixo assinado contra a empresa que, no momento da escrita, com com cerca de 300 assinaturas.

Quem também está com saques atrasados é a Atlas Quantum, plataforma de arbitragem de Bitcoin, que desde agosto não cumpre com as solicitações dos clientes. Mesmo assim, recentemente, comprou a AnubisTrade, empresa que oferecia o mesmo tipo de serviço da Atlas.

Como noticiou o Cointelegraph, Leidimar Lopes, presidente da Unick Forex, suposta pirâmide financeira baseada em Bitcoin, rebateu as críticas que vem recaindo sobre a empresa e declarou que a empresa está pagando todo mundo em dia.

O presidente fez suas declarações em uma entrevista com Rangel Andrades, que se autoproclama triplo diamante da Unick. A entrevista teria sido feita na sede da empresa.

Entre suas declarações, Leidimar Lopes, disse que os pagamentos da empresa estão em dia, em contraste com a reclamações de milhares de investidores que afirma que a empresa não está honrando seus pagamentos.

“Hoje nós temos a capacidade de parar e pagar todo mundo (...) Nós estamos pagando todo dia milhares de clientes, continua tudo normal, tudo funcionando. Agora quem quer cancelar, pode cancelar mais existe um procedimento, nos temos que cumprir este procedimento”, disse.