Exchange CoinBene garante a usuários que manutenção prolongada não é devido a hack

A exchange cripto entre as maiores do mundo CoinBene reassegurou aos usuários que seu tempo fora do ar por uma manutenção prolongada não é devido a um hack, como alguns membros da comunidade temiam. A exchange fez o anúncio oficial em um tweet nesta quarta-feira, 27 de março.

Com o anúncio, a CoinBene respondeu às preocupação recorrente dos usuários de que os atrasos no processamento de depósitos e saques seriam sinais de um possível hack na plataforma.

Em sua declaração, a CoinBene — atualmente ranqueada em quarto no CoinMarketCap por volume de negociação diária ajustado — esclarece que está adotando medidas para atualizar a carteira da exchange imediatamente. A empresa diz que recebeu notícias de outras - não nomeadas - exchanges sobre recentes roubos de ativos dos usuários. A equipe de segurança da CoinBene diz que tomou medidas rápidas para proteger e atualizar a segurança da carteira para proteger seus usuários.

O anúncio ainda denota que a medida foi adotada de forma preventiva - e não reativa, assegurando aos usuários que:

“Ativos dos usuários na plataforma CoinBene estão 100% seguros, nossa plataforma promete que se algum ativo dos usuários for perdida, nós recompensaremos 100%. [...] A equipe de segurança da CoinBene monitora em busca de qualquer anomalia o tempo todo e emitiu um aviso pela primeira vez para prevenir quaisquer riscos possíveis.”

A declaração também instrui aos usuários que qualquer informação sobre riscos de segurança de suas contas seja reportado à equipe de suporte da plataforma. Em um tweet separado na mesma thread, a CoinBene enfatiza que os usuários não precisam se preocupar com a manutenção prolongada em andamento.

Evidentemente aliviados, usuários do Twitter responderam positivamente aos esclarecimentos da CoinBene, apesar de alguns declararem que seria preferível emitir um anúncio mais cedo para evitar preocupações da comunidade.

Um usuário expressou sua constante frustração por depósitos congelados, ao que a CoinBene respondeu que depósitos de Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e Tether (USDT) já foram reabertos, e que os demais estarão prontos o mais rápido possível.

Como noticiado anteriormente, os membros da comunidade ficaram atentos aos dados de transação na blockchain a partir de rumores envolvendo a CoinBene. Uma figura da indústria supôs que grandes transações externas na CoinBene mostradas em um website de estatísticas para Ethereum, Etherscan, poderia ser evidência de um ataque — uma opinião que outro colega mais acalmado notou, dizendo que as transações de fato pareciam indicar transferências para uma carteira designada como armazenamento a frio.

Em recente relatório da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, o provedor de índices cripto Bitwise Asset Management declarou que acredita que atividade comercial da CoinBene é suspeita, especialmente pelo fato de os prazos de negociação freqüentemente coincidem e os montantes de compra e venda são quase semelhantes.

Aind aontem, a exchange baseada em Cingapura DragonEx notificou seus usuários de ter sofrido um hack em 24 de março, com detalhes completos e quantias ainda a serem divulgadas.