Citibank volta atrás e desiste de emitir sua própria critptomoeda

O Citibank não pretende mais lançar sua criptomoeda, o Citicoin, segundo informações publicadas pelo portal Invest in Blockchain nesta última terça-feira, 19 de fevereiro.

Segundo a notícia, o banco disse acreditar que há outras maneiras de melhorar o ambiente de transações financeiras com o uso de soluções já existentes no mercado, além de parceiras com fintechs e com reguladores em diferentes partes do mundo, incluindo o SWIFT.

A chefe de inovação do Citibank, Gulru Atak, reconheceu as contribuições da blockchain para o sistema financeiro, mas disse que há maneiras mais rápidas de melhorar os processos e corrigir problemas do Citi.

Desde 2015 o Citibank falava sobre o lançamento de sua criptomoeda. Como informado pelo Cointelegraph, o projeto de moeda virtual tinha por objetivo reduzir ou eliminar problemas em transações internacionais.

Em fevereiro o JP Morgan anunciou a criação de sua própria stablecoin, o JPM Coin. Atrelada ao dólar, a solução blockchain será utilizada para trazer mais agilidade em movimentações financeiras internacionais.

Nesta semana, a IBM afirmou que seis bancos globais assinaram cartas de compromisso para emitir stablecoins em sua blockchain, incluindo o banco Bradesco, no Brasil.