China: Rede blockchain nacional será lançada em abril de 2020

A rede blockchain da China, a Blockchain-based Ser­vice Net­work (BSN), será lançada oficialmente em abril de 2020, seis meses depois de ter sido lançada para testes.

Apoiado pelo think tank de políticas do governo chinês, o State Information Center (SIC), o ambicioso projeto visa fornecer uma infraestrutura confiável e escalável para apoiar novos projetos de blockchain, bem como o desenvolvimento de cidades inteligentes e a economia digital.

A BSN é uma iniciativa conjunta do think tank de políticas públicas da China e de empresas estatais

Tang Sisi, vice-diretor do Centro de Pesquisa em Desenvolvimento de Cidades Inteligentes do SIC, anunciou a notícia no Fórum de Inovação em Regulação Urbana da China, no início de janeiro, informou a publicação chinesa Sina Finance, em 7 de janeiro. Para o executivo, a BSN será lançada oficialmente para operação comercial em abril, depois que a rede foi lançada para testes beta internos, em outubro de 2019.

Como relatado anteriormente, a rede BSN é uma rede de infraestrutura pública desenvolvida em conjunto com o SIC, a principal empresa de telecomunicações estatal, China Mobile, e a rede de cartões de pagamento apoiada pelo governo chinês, China UnionPay, entre outros.

China reforça ainda mais a adoção da blockchain

Segundo o relatório, durante o período de testes internos, entre outubro de 2019 e março de 2020, a rede BSN deve envolver um total de 400 empresas e 600 desenvolvedores. Pilotado pela primeira vez na cidade de Hangzhou, capital da província de Zhejiang, leste da China, a BSN pretende especificamente reduzir os custos técnicos e econômicos associados ao desenvolvimento da adoção de blockchain, disse o vice-diretor da SIC, Zhang Xueying.

Como o governo chinês vem gradualmente fortalecendo sua adoção e expertise em blockchain, o estabelecimento de uma nova rede nacional de blockchain é aparentemente um marco importante em sua abordagem. Paralelamente ao desenvolvimento ativo de aplicativos blockchain, a China tem trabalhado duro para introduzir sua própria moeda digital.

De acordo com um relatório de 6 de janeiro do Cointelegraph, o desenvolvimento de uma moeda digital apoiada pelo governo no Banco Popular da China está progredindo sem problemas.