Ranking cripto mensal da China: Bitcoin retoma 11º lugar e EOS ainda lidera

Em seu novo ranking, o Instituto de Pesquisas CCID da China colocou o Bitcoin (BTC) como em 11o lugar, em uma lista com 37 moedas digitais, avaliando tecnologia, aplicação e inovação. Os resultados do ranking foram publicados pela Forex Crunch em 31 de julho.

O Instituto de Pesquisa CCID é uma iniciativa do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da China, que fornece uma avaliação mensal dos projetos de criptomoeda. A avaliação leva em conta 37 criptomoedas e considera suas propriedades como tecnologia básica, aplicabilidade e inovação, que formam um índice qualitativo.

O projeto de criptomoeda EOS (EOS) segue na liderança, com maior pontuação com 153,1. O EOS é seguido pelo Ether (ETH), com 148,6 pontos, enquanto o Tron (TRX) está em terceiro. O projeto empresarial de código aberto NULS (NULS) e o projeto blockchain GXchain ocupam a quarta e quinta colocação, respectivamente.

O Bitcoin anotou apenas 103 pontos na avaliação, ocupando aa 11a colocação — ascensão de 4 colocações desde o ranking publicado em março. Em fevereiro, o Bitcoin havia subido da 15a para a 13a posição, caindo depois novamente para o 15o lugar.

Notavelmente o, EOS é o líder histórico do ranking do CCID. A criptomoeda já enfrentou polêmicas com críticas por sua falta de descentralização e sua habilidade de reverter transações.

Como noticiado no início de julho, 83% dos investidores americanos considerariam um investimento em Bitcoin, à medida que o ativo ganha tração entre um público cada vez mais mainstream. Como tendência geral, o relatório observa:

“A Bitcoin expandiu seu alcance para uma ampla audiência geral. Cada vez mais investidores experientes reconhecem que o Bitcoin pode ter características únicas de investimento, que proporcionam diversificação muito além do estoque básico de 60% / 40% alocação de portfólio de títulos.”