10º Ranking Cripto da China: EOS ainda lidera, enquanto TRON estreia e já ultrapassa Ethereum em segundo

O grupo de trabalho de tecnologia ligado ao Estado da China lançou seu décimo relatório de ranqueamento cripto, colocando o Bitcoin (BTC) e, 13o, enquanto o EOS (EOS) mantém-se no topo. O relatório mensal doi publicado pelo Centro de Informação e Desenvolvimento da Indústria (CCID) da China em 26 de fevereiro.

Operando sob comando do Ministério da Indústria e Informação Tecnológica chinês, o CCID lançou seu primeir relatório mensal em maio de 2018, e premiou a grande altcoin Ethereum (ETH) como mais bem ranqueada entre as posições das cripto entre 28 moedas.

Já o último relatório com o ranking das criptomoedas do CCID adicionou uma nova moeda à lista, depois de analizar 35 moedas digitais em vez das 34 do relatório anterior. Estreante da lista, o TRON (TRX) bateu o Ethereum para ocupar o segundo lugar.

CCID's Global Blockchain Technology Assessments Index / Top 10

Antes ranqueado em 15o, a maior criptomoeda, o Bitcoin, agora subiu para 13o no ranking do CCID.

O NEM (XEM), que ocupava a última posição em 35o, agora perde a posição para a grande altcoin Litecoin (LTC).

Desde junho de 2018, o CCID têm colocado o EOS como a criptomoeda na liderança em três aspectos: tecnologia básica, aplicação e inovação. O EOS é atualmente a quarta maior criptomoeda em valor de mercado no momento desta publicação, reunindo US$ 3.2 bilhões do valor total de US$ 130 bilhões, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Recentemente, o Cointelegraph publicou que hackers conseguiram movimentar mais de US$ 7.7 milhões em EOS de uma conta hackeada devido a uma suposta falha de atualização de um dos produtores de block EOS. No começo de fevereiro, a equope do EOS teria distribuído diversas recompensas de US$ 10.000 devido a casos de vulnerabilidade crítica.