HackerOne encontra cinco vulnerabilidades críticas no EOS em 2019

A EOS.io, empresa responsável pelo desenvolvimento da quarta maior criptomoeda em valor de mercado, o EOS, entregou recompensas a hackers por cinco vulnerabilidades críticas encontradas neste ano. As violações foram descobertas pela HackerOne.

Em 10 de janeiro, US$ 40.750 foram concedidos a cinco hackers pela EOS.io, e no dia seguinte, outro pesquisador recebeu uma recompensa de US$ 10.000. As recompensas são equivalentes a US$ 10.000 cada, que é o maior pagamento possível reservado pela empresa para as vulnerabilidades mais críticas.

A Fundação Tron, empresa por trás da criptomoeda Tron, também premiou quatro recompensas em janeiro - uma delas pelo nível mais crítico de bugs - gastando US$ 22.700 no total.

Vulnerabilidades também já foram descobertas em outras empresas de criptomoedas neste ano. Dois prêmios foram concedidos pela Cobinhood e um pela Coinbase para bugs encontrados em níveis de baixa vulnerabilidade.

Os relatórios de vulnerabilidade citados nesse artigo não foram divulgados e os detalhes das ameaças descobertas não são públicos.

O EOS manteve seu preço estável nesta terçca-feira, perdendo apenas cerca 0,5% de seu valor nas últimas 24 horas e negociado a US$ 2,40.

Conforme informado pelo Cointelegraph em dezembro do ano passado, os hackers receberam US$ 878.000 em 2018. A EOS.io foi responsável por 60% de todas as recompensas entregues durante todo o ano.

A China divulgou recentemente seu mais recente ranking sobre as principais criptomoedas. Neste relatório, o EOS manteve seu primeiro lugar, enquanto a Bitcoin (BTC) ficou em 15º lugar.