Fintech's chinesas têm crescimento superior a 50% em suas ações com antecipação do CBDC

O índice temático China Securities Index Co. (CSI) fintech aumentou mais de 50% em 2019, superando o mercado em geral.

Algumas ações disparam 200%

De acordo com um relatório da Reuters de 26 de setembro, as ações das fintech's chinesas têm visto um aumento notável este ano, investidores se anteciparam após a China anunciar sua própria moeda digital, eles acreditam que a demanda que ela geraria por serviços de segurança e pagamento seria enorme.

Como tal, o índice temático CSI fintech - que é composto por ações da A-Share relacionadas à fintech, incluindo pagamento e liquidação, aumento de capital, gerenciamento de patrimônio e banco de varejo - ganhou mais de 50% em 2019, observa o relatório. Outra ação importante, a Beijing Certificate Authority, que se concentra em serviços de autenticação eletrônica, registrou um recorde neste mês, depois de subir quase 200% em 2019, segundo a Reuters.

Não há CBDC no futuro próximo, diz PBoC

Enquanto isso, o Banco Popular da China (PBoC) negou recentemente os rumores de que lançaria sua própria moeda digital no curto prazo, já que o banco alegou não ter cronograma de lançamento a partir de 24 de setembro. Os planos foram divulgados pela primeira vez no final de agosto de 2019, quando um meio de comunicação local escreveu que o PBoC estava quase pronto para lançar sua moeda digital apoiada pelo governo, na sequência da introdução do white paper Libra pelo Facebook em junho.

De acordo com uma notícia da publicação chinesa Business Times, alguns analistas financeiros esperavam que o país lançasse sua tão esperada criptomoeda em 11 de novembro, que coincide com a "black friday" chinesa, um dos dias mais movimentados de compras eletrônicas no ano.