China possui mais de 700 empresas de blockchain, segundo estudo do setor

A China Electronic Information Industry Development (CCID) anunciou em 27 de outubro que já existem mais de 700 empreendimentos de blockchain na China, com mais de 500 investimentos importantes registrados.

China mostra desenvolvimento agressivo de blockchain

De acordo com um estudo realizado em 24 de outubro pelo Comitê Central do Diretório Político do Partido Comunista da China, das 700 empresas blockchain acima mencionadas, 83 são instituições de pesquisa e 34 são bancos.

Além disso, mais de 500 eventos de investimento e financiamento foram realizados na indústria de blockchain nacional.

Os dados também revelam que 12 políticas de blockchain foram empreendidas pelo estado e por vários ministérios e comissões desde o primeiro semestre de 2019. 

Por exemplo, em janeiro, a Administração do Ciberespaço da China introduziu uma regulação para empresas de blockchain que operam no país, incluindo regras de anti-anonimato. O relatório também trata de iniciativas de blockchain no âmbito municipal, como as registradas em Pequim, Xangai e Guangzhou no final do ano passado.

A CCID alega que a inovação nacional no setor é boa, com gigantes da Internet, startups, instituições financeiras e de pesquisa pressionando por um maior desenvolvimento no espaço. A agência diz que o número de patentes de blockchain registradas na China no primeiro semestre de 2019 foi de 3.547, enquanto o número total de patentes publicadas em 2018 ultrapassou 2.435.

Falta de killer apps e auditorias terceirizadas

Segundo o Instituto de Pesquisa Blockchain da CCID, a China lançou 151 casos de aplicação blockchain no primeiro semestre de 2019. Os casos são relevantes para 28 campos, incluindo finanças, governo eletrônico, assistência médica, proteção à propriedade intelectual e rastreabilidade. Além disso, a agência admite que ainda faltam aplicações chinesas de blockchain para diversos setores:

“Atualmente, as aplicações da indústria de blockchain da China ainda apresentam problemas como aplicativos e promoções em larga escala, falta de killer apps e falta de auditoria autorizada de terceiros.”

A CCID é uma organização governamental chinesa que se reporta diretamente ao Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação e tem a tarefa de auxiliar o desenvolvimento das indústrias da informação na China.

Presidente Xi Jinping chama atenção ao pedir adoção de blockchain

Recentemente, o presidente chinês Xi pediu que o país acelere a adoção de tecnologias blockchain para impulsionar a inovação e a transformação industrial. Xi disse ao Politburo:

“Devemos considerar a blockchain como um avanço importante para a inovação independente das principais tecnologias, esclarecer as principais direções, aumentar o investimento, focar em várias tecnologias principais e acelerar o desenvolvimento da inovação industrial e de blockchain.”

Após as declarações de Xi, as ações das empresas chinesas de compartilhamento de blockchain chegaram ao seu limite diário de 10%, enquanto o número de pesquisas por tecnologia de blockchain no WeChat disparou.