Rapper Akon está construindo 'Wakanda da vida real'; cidade terá criptomoeda oficial própria

O rapper Akon disse em entrevista ao portal G1 que está construindo no Senegal uma cidade futurista inspirada na "Wakanda" do filme Pantera Negra, com faculdades, ginásios, aeroporto e uma criptomoeda oficial, a Akoin.

A "cidade" estaria sendo construída perto de Dacar, capital do Senegal, em uma área de 8.000 quilômetros quadrados. Akon, que tem uma fortuna avaliada em US$ 80 milhões, diz à reportagem que ele quer ser patrono "da primeira cidade do mundo 100% gerida por meio de criptomoeda".

A criptomoeda Akoin é parte central do projeto, diz o cantor norte-americano de 46 anos. Segundo ele, o objetivo da criptomoeda é tornar o continente africano "imune a crises". "A parte mais adiantada deste trabalho é a criação desta criptomoeda", completa Akon. Para a "Wakanda da vida real", ele ainda planeja universidades, aeroportos e ginários esportivos, e ainda diz:

"Minha meta na vida é construir um legado. Eu quero usar o fato de eu ser uma celebridade, de ser famoso, para ajudar outras pessoas, principalmente em lugares onde faltam condições para se viver, como África, Índia e algumas partes da Ásia."

Ele também citou o Brasil como um dos lugares em que pretende trabalhar, mas disse que a burocracia ainda é um fator impeditivo:

"Eu me lembro bem de vir aqui e tentar melhorar a iluminação das favelas. Ainda estamos nas fases de negociação tentando botar em prática. Eu quero estar em lugares que precisem de ajuda, e encontrar soluções para dar essa ajuda."

Como noticiou o Cointelegraph, Akon também é um grande entusiasta do Bitcoin. Recentemente ele disse que a hegemonia do dólar contra o BTC só é possível por conta do "poderio militar" dos EUA.

Leia mais: