A Rothschild Investiment Corp não é Afiliada à Família Rothschild: NYT

Os especialistas da Bitcoin ficaram intrigados com o investimento da Rothschild Investment Corporation em Bitcoin.

No entanto, recentes atualizações vêm à luz que a Rothschild Investment Corporation não tem vínculos com a família Rothschild.

A questão foi levantada por um internautista depois que uma postagem de Brian Cohen ganhou atenção na mídia com a percepção de que a família Rothschild comprou a Bitcoin através do Bitcoin Investment Trust.

Rothschild diferente

Yann Ranchere reagiu a Cohen informando que Rothschild comprou 539 ações da Bitcoin Investment Trust.

Yann Ranchere tuitou:

"Não é o [Rothschild] que você pensa".

Ele também completou isso com outra atualização contendo um link para um artigo do New York Times detalhando como o nome de Rothschild foi convenientemente usado por outras empresas para reforçar sua imagem e credibilidade.

Brian Cohen diz: não posso dizer que estou familiarizado com a árvore genealógica dos Rothschild

Yann Ranchere diz: Lol. A Rothschild Investiment Corp não tem laços com a família Rothschild. Mas o nome ajuda.

Outros também entraram na conversa para ajudar a esclarecer:

Joseph Young diz: Rothschild comprou #bitcoin hoje via Bitcoin Investment Trust (GBTC). A adoção pelo mainstream está acontecendo. Os investidores institucionais estão comprando.

Mike Shd diz: Esta não são os rothschilds (sic), eles estão usando seu nome, mas os roths usam rothchild.

Sobrenomes coincidentes

Os fundadores da empresa de investimentos com sede em Chicago são Monroe Rothschild e seu cunhado Samuel Karger. No artigo do New York Times, que foi publicado em 15 de janeiro de 1995, Karger explica que eles não planejaram enganar, pois nunca afirmaram estar afiliados ao clã Rothschild:

"Samuel Lieberman construiu sua reputação como comerciante com a Rothschild Securities, com sede em Chicago. Ele esperava a continuidade há 11 anos ao iniciar sua própria empresa. Monroe Rothschild fundou a Rothschild Securities em 1905. Ele nunca reivindicou qualquer ligação com a família bancária, disse seu sobrinho, Robert S. Karger, presidente da empresa".

Ele detalha que "nome parecido ou que soa similar" criaram uma "aura instantânea de credibilidade" que não é nova para instituições financeiras com base em reguladores estaduais de valores mobiliários. Também acrescentou que "novas corretoras com nomes que ressoam com uma história ilustre" podem ter criado involuntariamente uma oportunidade de confundir seus investidores.

Stanford Z. Rothschild, gerente da Baltimore Investment diz:

"As pessoas tomam nomes de alta visibilidade na esperança de enganar ou inferir algo que não é realmente assim".

Não só os Rothschild

Mas não é apenas os Rothschild que tiveram o nome aproveitado. O artigo do NYT expande que a J. J. Morgan & Co. de Nova Iorque pode ser confundido com a companhia bancária de Nova Iorque, J.P. Morgan.

Outra empresa que foi vítima de "um nome parecido" foi a A. S. Goldmen & Company que pode ser confundida com o banco de investimento da Wall Street Goldman Sachs & Co.