Startup brasileira lança stablecoin lastreada em dólares para competir com PayPal

A startup brasileira GoMoney, que atua como uma plataforma de negociação de criptomoedas, anunciou o desenvolvimento de uma stablecoin lastreada em dólares americanos, segundo um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph nesta terça-feira, 16 de julho.

De acordo com o comunicado, a stablecoin seria a primeira criptomoeda lastreada em dólares feita por uma empresa brasileira.

"As aplicações são inúmeras, pois não há o risco das oscilações de preços. É possível saber exatamente quanto custa um GMC, o que minimiza riscos de volatilidade para nossos usuários, e torna o nosso ativo uma moeda digital segura e sem fronteiras", afirma Maurício Pires, CEO da GoMoney.

Embora não especifique qual é o banco a armazenar os ativos físico que garantem o GMC a publicação destaca que a companhia garante a recompra do token pela cotação do dólar a qualquer momento. 

“Com uma criptomoeda estável como o GMC, atrelada a uma plataforma segura para negociações, temos certeza que podemos competir em mercados dominados por empresas como PayPal, TransferWise e Ebanx”, destaca o site do empreendimento.

É a teceira stablecoin brasileira lançada num intervalo de poucas semanas. Recentemente, companhias brasileiras lançaram o RealT e o BRZ - ambas lastreadas em reais.