Empreendedor blockchain e regulador de Ontário buscam acordo em escândalo com falsas informações a investidores

A Ontario Securities Commission (OSC), solicitou a corporação blockchain NextBlock Global Limited e seu CEO, Alex Tapscott, uma audiência pública nesta quinta-feira, 9 de maio.

Tapscott e a NextBlock foram anteriormente acusados pela equipe da OSC de enganar potenciais investidores durante uma rodada de financiamento que  "arrecadou aproximadamente US$ 20 milhões de 113 investidores credenciados."

Os investidores receberam apresentações que mostravam falsamente figuras bem conhecidas na indústria blockchain como consultores da NextBlock. A NextBlock não informou que eles estavam sendo considerados assessores do projeto.

Como informado anteriormente pelo Cointelegraph, Tapscott devolveu fundos para os investidores da Nextblock logo após a Forbes revelar o desastre da apresentação com os investidores no final de 2017. De acordo com a exposição acima, Kathryn Haun, Vinny Lingham, Vitalik Buterin e Karen Gifford - que foram retratados nos slides aos investidores - falaram com a Forbes e negaram serem conselheiros da Nextblock.

A próxima audiência - marcada para 13 de maio - determinará se um acordo entre a Equipe da Comissão e a NextBlock em 9 de abril será aprovado pela OSC.

No início deste ano, a OSC disse à mídia canadense que estava "investigando" a exchange de criptomoedas QuadrigaCX, que buscava proteção ao credor após a morte de seu fundador, resultando na perda de milhões de dólares em fundos de clientes.