Blockchain pode "acelerar a economia", diz candidato à presidência da Nigéria

O candidato presidencial do principal partido de oposição da Nigéria prometeu apoiar blockchain e criptomoeda, reportou o jornal DailyPost no dia 24 de novembro.

A agência de notícias nigeriana teria analisado a política “Get Nigeria Working Again” (Faça a Nigéria funcionar de novo, em tradução livre) do candidato do Partido Democrático do Povo (PDP), Atiku Abubakar, que ele teria prometido promulgar se fosse eleito presidente em 16 de fevereiro de 2019.

O DailyPost relata que no documento, o político declarou que "ele pretende acelerar a economia de forma positiva através de blockchain e criptomoeda".

De acordo com o DailyPost, Abubakar afirmou que, para destravar “os potenciais da nova economia”, o PDP “promoverá a produção de uma política da tecnologia blockchain e de criptomoedas compreensiva.”

O DailyPost também citou a plataforma de Abubakar, afirmando que “a regulamentação dará clareza” nesta “indústria que consiste em 1.800 tipos de moeda”. Os termos do mandato também são prometidos para serem “gerenciados de uma maneira que proporcione oportunidades de emprego e renda para o governo e povo da Nigéria.”

Como reportou a Cointelegraph em meados de outubro, o governo nigeriano tem feito parcerias com startups locais para desenvolver blockchain no país. Em março, o regulador nigeriano da Companhia de Seguro de Depósito da Nigéria (NDIC) alertou contra o uso de criptomoedas porque as transações não são seguradas.