Ramo blockchain da Live Planet contrata ex-CTO da 20th Century Fox

Hanno Basse, ex-diretor de tecnologia da 20th Century Fox Film Corporation, ingressou na Live Planet como presidente de sua divisão de soluções descentralizadas de mídia (Descentralizada Media Solutions), de acordo com um comunicado de imprensa em 11 de junho.

De acordo com o relato, Basse deve trabalhar na plataforma de infraestrutura de vídeo baseada em blockchain da divisão, a VideoCoin Network, bem como em seus serviços de streaming e publicação de realidade virtual (VR).

Basse contribuiu para uma série de inovações tecnológicas que agora são padrão nas mídias modernas, como HD, 3D, formato Blu-ray 4K-UHD, tecnologia High Dynamic Range (HDR) para consumidores e serviços sob demanda, de acordo com o relato.

Recentemente foi informado que um banco apoiado pelo governo no Brasil estava financiando um documentário usando sua própria stablecoin baseada no Ether (ETH), o BNDES Token. A produção do documentário supostamente envolve a produtora de cinema local Elo Company, cujo filme “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu, foi indicado ao Oscar em 2016.

Em abril, o YouTuber PewDiePie, dono do canal com mais assinaturas no site, confirmou seus planos de iniciar o streaming na plataforma de vídeo blockchain DLive. Baseado no protocolo blockchain descentralizado Lino, o DLive pretende conceder recompensas aos criadores de conteúdo e espectadores por sua participação na criação e consumo de conteúdo na forma de tokens Lino, que é a cripto nativa da blockchain Lino.