Beaxy lança plataforma de negociação cripto, apesar de hack feito por seu funcionário no mês passado

A Beaxy anunciou o lançamento de sua plataforma de negociação de criptomoedas em 11 de junho, em comunicado enviado ao Cointelegraph.

No press release, a empresa disse que agora está no ar em 43 estados dos Estados Unidos e 185 países. De acordo com a Beaxy, uma parceria exclusiva com a OneMarketData oferece capacidade de negociação em nove tipos de pedidos, com velocidades de transação de 225.000 por segundo por par de transações.

O lançamento vem depois de dois anos de desenvolvimento, e a plataforma diz ter mais de 60.000 usuários pré-registrados.

Além disso, em maio, o CEO da Beaxy Artak Hamazaspyan subiu uma declaração no Twitter confirmando que a exchange havia sido hackeada em 22 de maio.

Apesar da tentativa dos invasores de roubarem informações valiosas, ele disse que "nenhum dos dados de KYC foi comprometido, nenhum código foi comprometido e nenhum dos fundos foi roubado". Ele ainda completou, admitindo:

“Não foi o primeiro ataque à Beaxy e não será o último. Nós, por exemplo, também fomos atacados no dia em que abrimos a versão beta.”

Apesar dos tropeços técnicos em maio, o CEO da Beaxy, Artak Hamazaspyan, disse:

“Eu não poderia estar mais feliz com o produto que essa incrível equipe criou. Ao priorizar a experiência do usuário, a segurança, a orientação normativa e a funcionalidade contínua, tenho certeza de que construímos uma plataforma de negociação ímpar.”

Em 8 de maio, a Binance — uma das maiores exchanges por volume de negociação — sofreu de uma grande falha de segurança que permitiu aos hackers sacarem 7.000 Bitcoins (BTC) no valor de US$ 54,6 milhões na época.

Na semana passada, a provedora de carteiras cripto Komodo revelou que efetivamente se hackeou para impedir que fraudadores roubassem fundos de usuários no valor de US $ 13 milhões.