Hackers sacam 7.000 Bitcoins em falha de segurança da exchange Binance

Binance, uma das maiores exchanges de criptomoedas por volume de negociação diária, foi vítima de uma grande falha de segurança em 7 de maio, de acordo com comunicado enviado para o Cointelegraph no mesmo dia.

Segundo a Binance, hackers implementaram uma variedade de táticas incluindo "phishing" e uso de vírus para obter uma grande quantidade de códigos 2FA e chaves de API, além de outras informações.

Segundo a exchange, houve uma transação afetada, a partir da qual hackers conseguiram sacar 7.000 Bitcoins (BTC) equivalentes a US$ 40.705.000 em valores atuais.

Em uma carta no site da Binance, o CEO Changpeng Zhao declarou que os Bitcoins foram sacados de carteiras quentes, que contém apenas 2% do total de Bitcoins pertencentes à exchange. Zhao diz que outras carteiras da Binance não foram afetadas.

A Binance vai suspender depósitos e saques enquanto conduz uma revisão de segurança em seus sistemas, a qual Zhao estima que levará uma semana. As negociações ainda continuarão ativas e comerciantes poderão ajustar suas posições. Zhao afirma:

“Por favor, entendam que os hackers podem ainda controlar algumas contas e usá-las para influenciar preços neste meio tempo. Nós iremos monitorar de perto a situação. Mas nós acreditamos que, com os saques desativados, não haverá muito inventivo para que os hackers influenciem os mercados.”

Zhao completa dizendo que vão conduzir um Twitter AMA em algumas horas para atender às perguntas da comunidade.

A Binance vai usar seu Fundo de Ativos Seguros para Usuários (SAFU) para cobrir o incidente. A exchange criou o fundo em julho de 2018 como um seguro de emergência. A Binance mantém 10% do total de suas taxas de negociação para o fundo SAFU.