Banco Santander afirma que ampliará o uso da Ripple e de soluções em blockchain

O Banco Santander, um dos principais bancos do Brasil e do mundo, afirmou, em uma recente entrevista, que ampliará o uso de soluções baseadas em blockchain e também a parceria com a Ripple no sistema de remessas internacionais baseado na rede em blockchain da Ripple.

A informação foi dita pelo Diretor do Santander, John Whelan, durante uma palestra na IIEA na qual destacou que o banco usa a tecnologia da Ripple para fazer remessas em pelo menos quatro países, Brasil, México, Reino Unido e Espanha, mas que o plano de expansão do uso da tecnologia pode ser adotado em todos os países onde o banco atua.

"É uma ótima experiência do usuário. Eu mesmo uso. Enviei dinheiro para os Estados Unidos. Está disponível no mesmo dia. Fantástico, e com uma taxa garantida", declarou.

Whelan não forneceu mais detalhes de como será o plano de expansão do Santander e se o banco pretende substituir o Swift pelo One Pay FX, a solução de remessas baseadas na Ripple. Apenas destacou que o uso da Ripple será ampliado dentro do Banco.

Recentemente o Santander anunciou medidas para 'adaptar' o banco a digitalização da economia como o lançamento de um cartão por aproximação e também a compra de um fintech focada em pagamentos por R$ 1 bilhão.

Como noticiou o Cointelegraph o banco Santander lançou novos recursos para seu aplicativo, o Way, entre as novas funcionalidades o app agora pode fazer pagamentos instantâneos diretamente pela lista de contatos do celular, antecipando medida a ser adotada pelo Banco Central do Brasil.

Confira mais notícias