Andorra Telecom entra em parceria para executar node de blockchain

A Andorra Telecom fechou uma parceria com a organização espanhola sem fins lucrativos de economia digital Alastria para integrar sua tecnologia blockchain em processos internos, segundo a agência de notícias espanhola Diari d’Andorra informou em 1 de agosto.

A Alastria é um consórcio de mais de 800 organizações sem fins lucrativos que lançaram a primeira rede blockchain nacional multissetorial da Espanha, em uma iniviativa para facilitar o desenvolvimento da economia digital através da blockchain.

“Reforçar o pilar tecnológico”

O Alastria permitirá à Andorra Telecom implantar a rede blockchain com seu próprio node. Jordi Nadal, diretor geral da Andorra Telecom, disse que "o acordo com o Alastria nos permite reforçar o pilar tecnológico e o desenvolvimento de diferentes tecnologias, todas de referência".

Como parte do acordo, as partes também estão planejando implementar o programa de empreendedorismo do Alastria chamado Link2Chain, que também inclui a participação da incubadora e do acelerador de negócios da NIU.

A Andorra Telecom estabeleceu a incubadora NIU em novembro passado, com o objetivo de promover o empreendedorismo no campo da tecnologia.

Educação como prioridade

Em fevereiro, o governo de Andorra anunciou que implementaria a tecnologia blockchain no sistema de ensino superior do país. A iniciativa busca gerar um processo de registro mais seguro, no qual os dados acadêmicos registrados via blockchain seriam mais difíceis de manipular.

No mesmo mês, a maior telecom multinacional da Espanha, a Telefónica, anunciou uma iniciativa para apoiar os empreendedores em tecnologias inovadoras, como blockchain e inteligência artificial.

“Esta convocação tem como objetivo fortalecer o crescimento de empresas em territórios e ecossistemas onde já existe grande talento empresarial”, diz o comunicado.