As maiores casas de cripto-câmbio do mundo esperam crescimento mesmo com as recentes quedas

A maior casa da câmbio de criptomoedas do mundo por volume de negócios, a Binance, continua a experimentar um crescimento explosivo, apesar das quedas nos preços por todo o mercado no início desta semana. A empresa adicionou 240.000 usuários em apenas uma hora na quarta-feira, 10 de janeiro, superando todos os registros de crescimento anteriores.

O crescimento recorde da Binance esta semana ocorre mesmo em meio as quedas no mercado e comentários negativos dos magnatas de investimento tradicionais como o de Warren Buffet.

Em resposta aos comentários pessimistas de Buffet sobre o mercado de criptomoedas, o CEO da Binance, Zhao Changpeng, disse a Bloomberg em uma entrevista em 11 de janeiro:

"Warren Buffett é um cara que realmente respeito do ponto de vista dos investimentos. Mas eu não acho que ele não entende nada sobre criptomoedas. É isso mesmo. Eu ainda o respeito em relação a outras áreas por sua experiência. Mas acho que em criptomoedas ele está cometendo um grande erro."

O próprio Zhao esta surpreso com o crescimento da Binance, dizendo na entrevista que a empresa não esperava os números explosivos na quarta-feira. A empresa já negociou quase US$5 bilhões em transações de criptomoedas nas últimas 24 horas.

A casa de câmbio temporariamente fechou para registros de novos usuários na semana passada enquanto estava sendo submetida a uma atualização para permitir maiores volumes, e desde a reabertura tem sentido a necessidade de nova atualização.  

Outros integrantes da indústria enxergam o sucesso da Binance como um sinal de crescimento no mercado e aumento na adoção. Gregory Van den Bergh, co-fundador e CEO da MiCai, uma empresa de gerenciamento de riqueza baseada em Blockchain, disse a Cointelegraph:

"Estamos apenas no estágio inicial da curva de adoção dos criptos. A Binance e outros câmbios de criptomoedas ainda atendem os pioneiros dos criptos. A próxima fase de adoção virá dos 30 trilhões de dólares que atualmente são gerenciados em nome de pessoas de grandes patrimônios em todo o mundo."

Ainda assim o Bitcoin continua em baixa hoje. Até o momento, o preço médio entre câmbios foi de US$14.123, com alta de quase quatro porcento no dia.