A exchange Gemini, fundada pelos gêmeos Winklevoss, contratou novo chefe de segurança

Gemini, a exchange de criptomoeda que também faz serviços de custódia fundada pelos irmãos Winklevoss, contratou o expert em cibersegurança David Damato como seu novo chefe de segurança (CSO). Damato foi anteriormente o CSO da empresa de segurança cibernética Tanium.

Tyler Winklevoss anunciou a nova contratação em um post oficial em 19 de agosto. Segundo o blog, Damato anteriormente criou e liderou uma equipe de segurança cibernética na Tanium que forneceu serviços de segurança para agências governamentais, empresas entre as top 500 da Fortune e vários bancos.

No anúncio, Tyler Winklevoss enfatizou que a Gemini sempre teve uma mentalidade de segurança em primeiro lugar, citando seu exame SOC2 Tipo I - um tipo de auditoria - e sua solução baseada em chave de segurança de hardware para segurança da conta.

Incursão na Bolsa Mercantil de Chicago

Como previamente reportado pelo Cointelegraph, o Grupo Chicago Mercantile Exchange (CME Group) adicionou a Gemini como exchange em 8 de agosto. De acordo com o anúncio do CME Group, a Gemini fornecerá um dos quatro principais índices de precificação das criptomoedas na CME a partir de 30 de agosto.

Em junho, a Gemini abriu escritórios em Chicago que servirão como um centro de engenharia para apoiar as operações de negociação e custódia. Ao abrir os escritórios, a Gemini supostamente contratou ex-engenheiros da Coinbase, uma importante exchange de criptomoedas e carteira de moedas digitais nos Estados Unidos. A Gemini está sediada em Nova York e também possui escritórios em Portland, Oregon.

A Gemini é a 77ª maior exchange de criptomoedas, de acordo com o volume de comércio ajustado, com um volume comercial nas últimas 24 horas de US $ 16,5 milhões, segundo a CoinMarketCap.