Exchange Gemini é adicionada aos referenciais CF cripto da CME

A plataforma Gemini dos irmãos Winklevoss está sendo adicionada como uma exchange constituinte das taxas de referência de criptomoedas do Chicago Mercantile Exchange (CME Group), a taxa de referência Bitcoin e ETH/USD de Crypto Facilities (CF) e o Índice em Tempo Real..

Conforme revelado em um "tuíte" oficial do CME Group em 8 de agosto, a Gemini será incluída em quatro índices principais de preços de cripto a partir de 30 de agosto.

Bitcoin do CME Group e índices Ether

Conforme relatado, o CME Group lançou seus dois primeiros produtos de precificação em cripto - a taxa de referência padronizada “CME CF Bitcoin Reference Rate” e o índice spot “CME CF Bitcoin Index em Tempo Real” - em novembro de 2016.

Ambos foram anunciados como importantes degraus para a profissionalização do comércio de Bitcoin (BTC) e para a aceitação do ativo pelos tradicionais gigantes do comércio tradicional.

Em março de 2018, o Grupo lançou dois produtos análogos para o Ether (ETH): a “Taxa de Referência CME CF Ether-Dólar” e o “CME Ether Índice em Tempo Real Ether” em parceria com a Crypto Facilities, com foco em futuros baseados em cripto.

Antes da adição da Gemini, esses produtos de preços se baseavam em transações e dados de atividades de pedidos das principais plataformas de negociação do setor, como Bitstamp, Coinbase, itBit e Kraken (a Coinbase, no entanto, não é citada em relação aos produtos Ether do CME Group).

Febre do índice de cripto

O CME Group foi notavelmente precedido pelo NYSE Bitcoin Index da Bolsa de Valores de Nova York, que entrou em operação em maio de 2015 - um produto que o operador da NYSE, a Intercontinental Exchange (ICE) afirmou ser o primeiro índice Bitcoin calculado e divulgado em bolsa.

Desde essas primeiras ofertas, os produtos de cripto - muitos direcionados a clientes institucionais - tornaram-se cada vez mais sofisticados e difundidos.

Em junho deste ano, o meio milhão de traders tradicionais que usavam os terminais financeiros da Reuters e da Bloomberg tiveram acesso a um novo índice de inteligência artificial para as 100 criptomoedas e tokens de maior desempenho.

A CryptoCompare, um provedor de dados de cripto com base em Londres, lançou um produto Exchange Benchmark este ano, classificando mais de 100 exchanges cripto em todo o mundo, tendo anunciado anteriormente uma parceria com a Nasdaq para lançar um novo produto de cripto, bem como uma joint venture com a BitMEX para construir um conjunto de dados de futuros cripto.

No final de abril, a Nasdaq introduziu o XRP Liquid Index (XRRLX) em seu serviço global de dados. A Nasdaq já havia começado a listar o índice Bitcoin Liquid da Brave New Coin e o Ethereum Liquid Index.

Em março, a CoinMarketCap anunciou o lançamento de dois índices de referência de criptomoeda no Nasdaq Global Index Data Service, no Bloomberg Terminal, no Thomson Reuters Eikon e na Börse Stuttgart.