Venezuela pagará bônus de Natal a aposentados e pensionistas em Petro

O presidente venezuelano Nicolás Maduro anunciou que o bônus de Natal dos aposentados e pensionistas do país lhes será pago na criptomoeda nacional, o Petro.

O perfil do Twitter da agência de notícias local Venepress noticiou as declarações de Maduro em 17 de novembro. Esse caso em particular não é a primeira vez que a Venezuela empurra Petro nas carteiras de aposentados até agora.

Como o Cointelegraph informou em dezembro do ano passado, a Venezuela converteu à época automaticamente os bônus do ano dos pensionistas em Petro.

Petro, o futuro da economia venezuelana?

O criptoativo em questão foi lançado pela primeira vez para uma pré-venda em fevereiro do ano passado e levantou preocupações entre os observadores estrangeiros desde o início. No final de agosto do ano passado, o Petro já era denunciado com desdém como uma "façanha" opaca apoiada por uma entidade centralizada e com dívidas.

Ainda assim, a criptomoeda nacional e as criptomoedas como um todo estão sendo cada vez mais empurradas pelo governo local aos cidadãos.

Como informou o Cointelegraph em espanhol em 13 de novembro, Francisco Torrealba, deputado da Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela, disse que acredita que todas as moedas serão substituídas por criptomoedas.

Falando sobre a Venezuela, Torrealba afirmou que o país está passando por uma grande mudança e Maduro está dando uma "grande contribuição" ao país ao criar o Petro. Ele concluiu sua entrevista dizendo que "tudo virá desta moeda [o Petro]".