Condado de Utah torna-se terceira jurisdição dos EUA a adotar votação em blockchain

O Condado de Utah, nos Estados Unidos, tornou-se a terceira jurisdição do país a comandar uma votação móvel em blockchain para suas eleições primárias municipais.

Condado de Utah junta-se a West Virginia e Colorado

O condado de Utah, um dos 29 condados do estado norte-americano que leva o mesmo nome, permitirá que os eleitores elegíveis participem das próximas eleições primárias municipais por meio de um aplicativo especial em seus smartphones, segundo um comunicado oficial de 23 de julho.

Com isso, o estado de Utah torna-se o terceiro estado norte-americano a permitir votação eletrônica baseada em blockchain, depois de West Virginia e Colorado.

Novo piloto de votação baseada em blockchain continuará até o último dia da eleição, em 13 de agosto

O novo piloto de votação eletrônica é feito em colaboração entre a Divisão Eleitoral do Condado de Utah, a plataforma de eleições mobile Voatz, o Tusk Philanthropies e o National Cybersecurity Center.

Segundo o anúncio, a votação começou em 28 de junho e segue até o dia da eleição, 13 de agosto. Os votantes incluem militares da ativa, seus dependentes elegíveis e eleitores no exterior, observa o relatório.

Em março de 2019, Denver, capital e cidade mais populosa do estado do Colorado, teria tornado-se a segunda jurisdição dos EUA a pilotar uma plataforma de votação móvel em blockchain, para sua próxima eleição municipal. O anúncio chegou quase um ano depois da iniciativa pioneira nos EUA — o lançamento de uma solução de votação móvel nas primárias de West Virginia e as eleições de midterm, em março de 2018.

Recentemente, a subsidiária blockchain da Overstock, Medici Ventures, liderou uma rodada de financiamento de US $ 7 milhões na plataforma Voatz.