Exchange digital do Reino Unido vai usar tecnologia Corda da R3 em processos de pós-negociação

A Archax, uma bolsa de valores digital com sede em Londres, usará a tecnologia Corda da empresa de software blockchain R3 para gerenciar suas atividades pós-negociação.

Em 18 de outubro, a Archax anunciou em nota que seus processos de pós-negociação agora seriam executados com tecnologia de registro distribuído. A Archax usará uma versão privada do Corda Enterprise em seu próprio ecossistema.

Graham Rodford, CEO da Archax, disse que os atuais processos de pós-negociação nos mercados financeiros tradicionais requerem muitos intermediários, tornando-os altamente ineficientes. Rodford disse que o uso da tecnologia blockchain é o que tornará os mercados mais eficientes.

Os processos de pós-negociação ocorrem após a conclusão da negociação, quando um comprador e o vendedor de um título aprovam a transação, fornecem detalhes da negociação, alteram os registros de propriedade e transferem os valores mobiliários e dinheiro.

Maior interesse do setor na tecnologia Corda

Nos últimos meses, instituições financeiras em todo o mundo manifestaram interesse na tecnologia Corda. 28 organizações, incluindo Raiffeisen e 17 outros bancos, participaram da conclusão bem-sucedida do Ivno Global Tokenized Collateral Trial, conforme noticiado em 17 de outubro. Este foi o primeiro teste de token global na plataforma R3 Corda.

O Alfa-Bank, com sede na Rússia, anunciou que está lançando uma transação-piloto de financiamento de comércio exterior em cooperação com Novolipetsk Steel Company, Commerzbank e Vesuvius GmbH, usando a rede Marco Polo, baseada na Corda.

Em setembro, o Bank of America também aderiu à Rede Marco Polo "para enfrentar os desafios do financiamento comercial". A instituição financeira pretenderia melhorar as ineficiências do comércio internacional e oferecer um melhor serviço aos seus clientes.