Bancos italianos testam com sucesso a reconciliação de dados por meio da blockchain

A Associação Bancária Italiana (ABI) processou com êxito a reconciliação de dados de um ano inteiro de atividades bancárias locais em uma plataforma blockchain.

A associação anunciou o êxito do teste do sistema do Projeto Spunta em um comunicado à imprensa publicado em 12 de outubro. O teste bem-sucedido da estrutura foi anunciado pela mídia italiana pela primeira vez no final de setembro, embora com poucos detalhes.

Foi demonstrada a viabilidade da plataforma

Agora, a ABI revela que o teste teve 200 milhões de entradas de dados sendo processadas pelo sistema de reconciliação bancária blockchain, simulando efetivamente um ano de atividade bancária italiana.

O exitoso teste demonstra a sustentabilidade do procedimento de verificação e da própria plataforma em si.

Os dados foram introduzidos na plataforma através de 35 nodes distribuídos por toda a Itália. Dezoito bancos italianos - que representam 78% da força de trabalho bancária do país - fazem parte do projeto.

Implementação para 2020

Os acordos bancários recentemente alterados permitirão que o sistema seja implementado até 1º de março de 2020. Como o Cointelegraph informou, a ABI anunciou pela primeira vez a intenção de implantar a tecnologia blockchain em meados de junho.

O Projeto Spunta é coordenado pela organização de pesquisa da associação, a ABI Lab, e tem a participação da empresa de integração de sistemas NTT Data, da plataforma de armazenamento de dados descentralizada Sia e da empresa blockchain R3 com sua rede Corda.