Universidade da Califórnia em Berkeley lança acelerador para startups blockchain

A Universidade da Califórnia em Berkeley (UC Berkeley) lançou um programa de aceleração de 12 semanas para startups de blockchain em estágio inicial. O lançamento foi divulgado no último dia 28.

O Berkeley Blockchain Xcelerator é patrocinado parcialmente pelo fundo de capital de risco Berkeley X-Lab Fund e resultado de uma cooperação entre o Centro Sutardja para Empreendedorismo e Tecnologia da Berkeley e a Haas Escola de Negócios e Blockchain (em tradução livre).

A Haas é uma organização administrada por mais de 100 estudantes dedicados à inovação em blockchain de Berkeley, bem como por figuras da indústria e da academia. A escola já promoveu cursos relacionados à blockchain e criptomoedas, inscrevendo mais de 70.000 tutees online. A organização também desenvolveu provas de conceito de blockchain (PoCs) para um número não especificado de empresas da Fortune 100.

Gloria Zhao, presidente da Blockchain em Berkeley, descreveu o raciocínio por trás do programa de aceleradores no setor acadêmico:

“Com uma tecnologia tão nascente como a blockchain, vemos que muitos especialistas no assunto e pessoas que causam impacto no espaço do blockchain são estudantes. A Blockchain em Berkeley se esforça para fomentar o espírito empreendedor em nossos alunos, por isso estamos empolgados em ajudar a liderar essa iniciativa e ajudar a próxima geração de inovadores de blockchain.”

O programa de aceleração é aberto a projetos blockchain de todo o mundo. Os participantes selecionados serão orientados por empresários, ex-alunos, professores, investidores e estudantes.

A Universidade também observa que seu Centro de Empreendedorismo lançou uma série de novos laboratórios dedicados não só a blockchain, mas também a inovação em ciência de dados, inteligência artificial e sustentabilidade.

Conforme informado recentemente, a UC Berkeley fez uma parceria com a UBRI (Universidade Blockchain Research Initiative) do Ripple para sediar uma série de palestrantes do setor de tecnologia e fintechs na Haas. A Universidade também trabalha com a UBRI no desenvolvimento de cursos e no financiamento de projetos de pesquisa, além de patrocinar um hackathon blockchain.

Muitas universidades em todo o mundo lançaram seus próprios laboratórios de blockchain, centros de pesquisa, programas de graduação e certificados - incluindo o MIT, nos EUA, e a Universidade de Copenhagen.