Resumo do top 5 de melhores performances das cripto: Binance Coin, Litecoin, NEXO, EOS, Stellar, Monero

As visões e opiniões aqui expressas são unicamente do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph.com. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco, você deve conduzir sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Os dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.

A capitalização de mercado combinada de todas as criptomoedas já ficou duas vezes abaixo dos US$ 145 bilhões. No entanto, é positivo que o valor de mercado não tenha apresentado novas baixas recentemente. Isso mostra a demanda em níveis mais baixos e é a primeira indicação de uma formação de fundo.

Cada novo mercado em alta tem seus próprios líderes. Os comerciantes devem ficar atentos às criptos que iniciam uma nova tendência de alta e sustentá-la: é sempre melhor negociá-las em vez de esperar que os retardatários as acompanhem.

A recuperação atual é apoiada pela melhoria dos fundamentos. A nova empresa da Fidelity, a Fidelity Digital Assets, entrevistou cerca de 450 instituições e descobriu que 22% já possuíam uma cripto e provavelmente dobrariam sua alocação nos próximos cinco anos. Alguns, no entanto, ainda estavam no modo de espera e observação. Acreditamos que, se os preços confirmarem uma baixa, esses investidores também serão forçados a entrar. Vamos analisar os principais desempenhos desta semana e tentar detectar reversões de tendência.

BNB/USD

Após a bem-sucedida venda do token BitTorrent (BTT) e do token Fetch.AI (FET), a plataforma Binance Launchpad anunciou o lançamento de seu próximo projeto de suporte, Celer Network, em 19 de março às 9h EST. A Binance está tentando reviver as ofertas iniciais de moedas (ICO), suportando tokens de alta qualidade com casos de uso fortes que geram interesse entre os participantes.

A Argentina também está as trazendo criptomoedas para o público em geral. Recentemente, seu cartão de transporte público estatal permitiu o uso do Bitcoin para recargas de cartões. Além disso, o governo da Argentina combinará investimentos de até US$ 50.000 em projetos selecionados pela Binance. Com estes desdobramentos, a Binance Coin está em uma corrida forte. Essa jogada pode continuar ainda mais? Vamos descobrir.

 

 

BNB/USD

O par BNB/USD ampliou sua forte corrida a partir do fundo. Ele escalou facilmente acima da resistência de US$ 12 e disparou para a zona de resistência crítica de US$ 15 a US$ 18. Após uma semana de grande abrangência, antecipamos uma consolidação ou uma pequena correção nas próximas semanas.

Entretanto, se os touros conseguirem sair dos US$ 18, aumentará a probabilidade de um novo teste das altas de todos os tempos. Este será um evento significativo e o par será a primeira grande criptomoeda a testar novamente os altos.

Por outro lado, se o preço cair abaixo dos níveis atuais, ele deverá encontrar suporte em US$ 12. Uma quebra dos US$ 12 indicará fraqueza e aumentará a probabilidade de uma queda mais profunda.

LTC/USD

A Venezuela permitiu que seus cidadãos enviassem Bitcoin e Litecoin (LTC) através da Remesas. Os participantes do mercado são positivos no Litecoin porque têm taxas mais baixas em comparação com o Bitcoin e também tem um tempo de confirmação de transação mais rápido. Com a próxima atualização do Litecoin, alguns acreditam que as taxas de transação cairão ainda mais. Sua Rede Lightning alcançou um aumento de 1.059 canais entre 163 participantes, de acordo com o 1ml.com.

 

LTC/USD

O par LTC/USD fechou (no período de tempo UTC) acima de US$ 47,2460 na semana passada, provocando nossa recomendação de compra. Os comerciantes podem manter a stop loss em US$ 40. O próximo nível a ser observado no lado positivo é a zona entre US$ 69,2790 e a SMA de 50 semanas. Se o impulso levar a moeda digital acima desses dois níveis, a alta pode se estender para US$ 94,2590 no médio prazo.

Nossa visão otimista será invalidada se os ursos derrubaram o preço para abaixo de US$ 56,910 e o manterem la. A tendência de alta enfraquecerá em um fechamento abaixo de US$ 47,2460 e os ursos estarão outra vez no comando abaixo da linha de suporte.

Criptomoeda em destaque* - NEXO/USD

A Nexo oferece empréstimos instantâneos aos clientes contra seus ativos cripto. Dessa forma, os clientes podem manter seus ativos a longo prazo, mas ainda gerar receita para vários usos, como comprar uma casa, um carro, pagar pelo casamento etc., a curto e médio prazo.

A empresa atende a uma ampla gama de clientes, emitindo empréstimos de US$ 500 a US$ 2 milhões por cliente.

Muitos acreditam que as stablecoins são o caminho a seguir se não se pode montar a volatilidade da cripto. A Nexo oferece juros de até 6,5% em garantia de conversão de stablecoins e conversão de 1 para 1 por dólares americanos para cada stablecoin.

A Nexo também fornece uma solução de custódia cripto licenciada em parceria com a BitGo, permitindo que ela possua ativos cripto em nome de seus clientes. A fim de garantir a segurança dos fundos armazenados, a Nexo possui uma apólice de seguros no Lloyds Bank, que compensa qualquer perda de até US$ 100 milhões.

A popularidade da moeda pode ser medida pelo fato de ela ter emitido mais de US$ 300 milhões em empréstimos nos últimos sete meses para mais de 170 mil usuários da Nexo. Atualmente ela está na posição 87 no CoinMarketCap e a listagem de tokens da Nexo na Huobi aumentará muito sua liquidez. Com os fundamentos a seu favor, como está o gráfico?

 

 

 

NEXO/USD

O par NEXO / USD formou um padrão de arredondamento e quebrou a resistência acima de US $ 0,09431 em 5 de março. No entanto, os bulls não conseguiram sustentar os níveis mais altos, e o preço voltou a cair abaixo dos níveis de breakout. Este é um sinal negativo.

O aumento de US$ 0,05266 em 6 de fevereiro foi apoiado pela EMA de 20 dias durante cada recuo. Atualmente, o par voltou a cair para a MME de 20 dias, abaixo do qual o próximo suporte é da linha de tendência de alta. Esperamos que os touros defendam essa zona de apoio.

Se for bem sucedida, a moeda digital tentará novamente escalar acima da zona de resistência de US$ 0,09431 para US$ 0,10717. Em uma fuga acima dessa zona, é provável que uma nova tendência de alta comece a impulsionar a moeda digital para US$ 0,12 e, acima dela, para US$ 0,1359. Se ambos os níveis forem ultrapassados, os próximos níveis a serem observados serão de US$ 0,168 e, finalmente, US$ 0,194.

Por outro lado, um colapso da linha de tendência de alta indicará fraqueza que pode arrastar o preço de volta à SMA de 50 dias.

EOS/USD

EOS tem se mantido volátil durante a semana. Começou a semana mergulhando, mas se recuperou no dia seguinte. Ele caiu da quarta para a quinta posição em termos de capitalização de mercado, perdendo para o Litecoin. Pode recuperar sua posição? O gráfico está em alta? Vamos descobrir.

 

EOS/USD

Sugerimos que os comerciantes iniciassem posições longas em um fechamento semanal (de acordo com o período de tempo UTC) acima de US$ 3,8723 em nossa análise anterior. Embora o par EOS/USD tenha subido acima de US$ 3,8723 na semana anterior, ele não conseguiu fechar acima.

Atualmente, os touros estão novamente tentando se sustentar acima da resistência de sobrecarga. Se bem-sucedido, os comerciantes podem iniciar posições longas em um fechamento semanal acima de US$ 3,8723 e manter uma stop loss abaixo do suporte crítico de US$ 2,1733. Embora haja uma pequena resistência em US$ 4,4930, esperamos que ela seja cruzada. O próximo alvo a ser observado no lado positivo é US$ 6,8299.

Por outro lado, se o preço não conseguir se sustentar acima de US$ 3,8723 e cair, isso indicará fraqueza. Um desdobramento de US$ 2,1733 resultará em um novo teste da baixa anual.

XLM/USD

A Borsenmedien AG, uma editora líder em regiões de língua alemã, adquiriu uma participação de 5% na empresa de soluções de micropagamentos SatoshiPay. Com a parceria, os leitores podem agora pagar pelo conteúdo de sua carteira para o editor em apenas um clique.

O Stellar (XLM) tem apresentado um baixo desempenho no atual recuo. Enquanto a maioria das principais moedas está bem acima de suas baixas anuais, o Stellar está lutando para subir. Ele pode acançar o resto do pelotão?

 

XLM/USD

O par XLM/USD tem tido um desempenho bastante abaixo do esperado, pois ainda está preso perto dos baixos. Ele não conseguiu escalonar e sustentar acima da primeira resistência de US$ 0,09285498 nas duas últimas semanas. Atualmente, os touros estão novamente tentando superar a resistência. Se bem sucedido, o par pode subir para US$ 0,13427050.

Ambas as médias móveis estão diminuindo e o RSI ainda está definhando em território negativo, o que mostra que os ursos ainda têm a vantagem. Se a moeda digital cair dos níveis atuais, ela pode mergulhar em novas mínimas.

Vamos esperar um padrão de reversão de tendência se formar antes de sugerir algum comércio nele.

XMR/USD

O Monero (XMR) recentemente foi notícia após dois bugs terem sido relatados pela comunidade cripto. Devido a um bug, um usuário de carteira de hardware Ledger teria perdido cerca de 1,680 XMR. O outro bug permitiu que hackers enviassem depósitos falsos de XMR para exchanges cripto. Enquanto o segundo bug foi corrigido no mesmo dia, a equipe da Ledger preparou um patch para o outro bug que será lançado em breve. Depois do Japão, agora a França está explorando a proibição de criptomoedas anônimas. Como esses eventos afetaram o preço do Monero?

 

XMR/USD

O par XMR/USD está formando uma base perto dos mínimos, entre US$ 38,500 e US$ 60,147, o que é um sinal positivo. Quanto mais longa for a base, mais forte será a eventual fuga dela. Se o par se recuperar acima de US$ 60,147 e a EMA de 20 semanas, isso indicará força. O próximo nível para assistir no lado positivo será US$ 81. Se o impulso puder empurrar o preço acima de US$ 81, a tendência se tornará positiva e o preço deverá subir gradualmente para US$ 150.

Ao contrário da nossa opinião, se o preço cair abaixo de US$ 38,500, a tendência de baixa será retomada. Embora a SMA de 50 semanas esteja diminuindo, a EMA de 20 semanas está se achatando, o que mostra que os ursos estão perdendo o controle.

Os dados de mercado são fornecidos pela exchange HitBTC . Os gráficos para análise são fornecidos pela TradingView.

*Aviso legal: A NEXO é uma criptomoeda em destaque de um dos patrocinadores do Cointelegraph, e sua inclusão não afetou essa análise de preço.