Argentina: Governo vai coinvestir em projetos locais de blockchain apoiados pela Binance

O governo da Argentina concordou em coinvestir em projetos de blockchain apoiados pelo Binance Labs e pela LatamEx, revela um comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph na quarta-feira, 6 de março.

O Binance Labs, braço de investimento e impacto social da principal exchange de criptomoeda Binance, recentemente escolheu Buenos Aires, capital da Argentina, como o hub da América Latina para a próxima temporada do Programa de Incubação do Binance Labs.

Após a decisão, o Ministério da Produção e Trabalho do país assinou um acordo com a Binance, comprometendo-se a igualar investimentos de até US$ 50.000 em cada projeto. De acordo com o comunicado, o governo argentino vai financiar até 10 projetos de blockchain por ano durante um período de quatro anos.

Os investimentos serão canalizados através do Founders Lab, um acelerador de blockchain da Argentina.

Buenos Aires é um dos seis locais do programa de investimentos do Binance Labs, que começa em 25 de março. Outras seções regionais estão localizadas em São Francisco, Berlim, Lagos, Cingapura e Hong Kong.

Em outras notícias de cripto da Argentina, no início deste mês, o cartão de transporte oficial do Estado, o SUBE (Sistema Único de Boleto Eletrónico) - usado por mais de sete milhões de pessoas em 37 localidades - começou a aceitar Bitcoin (BTC).

No mês passado, a Argentina também assinou um acordo de exportação de agrotóxicos no valor de US$ 7.100 com o Paraguai, aceitando o BTC como pagamento.

Em janeiro, a Universidade da Califórnia Berkeley dos EUA, lançou um programa de aceleração de 12 semanas para startups blockchain em estágio inicial, parcialmente patrocinado pelo fundo de capital de risco Berkeley X-Lab Fund.

A IBM, junto com a Unversidade de Columbia, também executa dois programas de aceleradores de blockchain que visam ajudar startups no espaço cripto. Os programas formam o Centro Columbia-IBM para Blockchain e Transparência de Dados, um centro de inovação conjunto que foi estabelecido pela gigante de tecnologia e a escola Ivy League no verão de 2018.