Top-five das criptos: EOS, LEO, ETC, ADA e XMR

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivas do autor e não refletem necessariamente as opiniões do Cointelegraph. Todo investimento e movimentação comercial envolve risco, você deve fazer sua própria pesquisa antes de tomar uma decisão.

Dados de mercado fornecidos pela exchange HitBTC.

O vermelho se espalha por todo lado, à medida que a maioria das 20 principais moedas estão mostrando retornos negativos na semana. Isso mostra que o mercado está sob uma pressão de urso. A capitalização de mercado total caiu de US$ 385 bilhões em 27 de junho para pouco mais de US$ 262 bilhões no momento desta publicação.

Embora os preços do Bitcoin também tenham sido corrigidos nos últimos dias, a principal moeda digital conseguiu manter o domínio do mercado acima de 64%. Isso mostra que os participantes do mercado preferem o Bitcoin sobre as altcoins.

O CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, acredita que o Bitcoin deverá se consolidar entre US$ 10.000 e US$ 14.000. No entanto, uma vez que o interesse institucional se recupere, o Bitcoin subirá para suas maiores altas antes do final deste ano.

Vamos ver se detectamos qualquer configuração de compra nas cinco principais moedas dos últimos sete dias.

EOS/USD

Devido ao ambiente regulatório incerto, o serviço de carteira criptográfica baseado na Califórnia Abra restringiu os usuários americanos de manter cinco criptomoedas, incluindo EOS, após 29 de agosto.

A EOSFinex, a troca de criptomoeda descentralizada baseada em EOS pela Bitfinex, completou sua fase beta e é esperada para lançar em 30 de julho.

O par EOS/USD quebrou abaixo de US$ 3,8723 na semana anterior, mas rapidamente voltou a fechar acima do suporte crítico. Isso mostra a compra em níveis mais baixos, mas a demanda desaparece em níveis mais altos, portanto, o preço não conseguiu se recuperar do suporte.

Atualmente, os touros estão tentando manter o apoio. Se forem bem sucedidos, a moeda digital pode tentar subir de volta acima das médias móveis e subir para os recentes máximos de US$ 8,6503. Ambas as médias móveis se estabilizaram, o que aponta para uma consolidação nas próximas semanas.

Porém, se ao contrário de nossas expectativas, o preço cair abaixo de US$ 3,8723, poderá cair para o próximo suporte em US$ 1,55. Se esse suporte for rompido, uma nova tendência de baixa será iniciada, o que será muito negativo.

Sugerimos que os traders esperem que o preço quebre e feche (período de tempo UTC) acima da EMA de 20 semanas antes de começar comprar, com uma stop loss a US$ 3,20.

LEO/USD

A Arrington XRP Capital e o fundo de investimento cripto Arca adquiriram uma participação na UNUS SED LEO (LEO), o token nativo da Bitfinex, através de veículos de investimento offshore. Isso pode levar a mais problemas para a Bitfinex, que já está sob investigação por oferecer serviços de negociação para os residentes de Nova York sem uma licença.

A empresa, contudo, nega ter feito isso. Mesmo com as notícias não sendo muito favoráveis, o preço acabou sendo um dos vencedores nos últimos sete dias. Ele pode construir sobre sua força? Vamos analisar o gráfico.

 

 

 

Como o par LEO/USD tem um histórico de negociação curto, usaremos o gráfico diário para analisá-lo. O par está se consolidando entre US$ 1,20 e US$ 1,40. Como o preço está sendo negociado abaixo de ambas as médias móveis e o RSI está próximo da zona de sobrevenda, a vantagem está com os ursos.

Se a moeda digital quebrar abaixo de US$ 1,20, ela poderá corrigir a baixa em US$ 1,0075. Um colapso para novas mínimas será um sinal de baixa.

Por outro lado, se o preço tentar uma recuperação, ele enfrentará resistência na EMA de 20 dias e acima de US$ 1,40. Uma quebra do nível de US$ 1,40 será a primeira indicação de que um fundo de curto prazo pode ter sido atingido.

No lado positivo, o primeiro alvo é a SMA de 50 dias, acima da qual, uma alta para US$ 2 é provável. Nós sugerimos que os traders esperem que o preço aumente e mantenha acima de US$ 1,40 antes de tentar comprá-lo.

ETC/USD

Embora o Ethereum Classic (ETC) tenha caído mais de 4% nos últimos sete dias, ele se mostrou o terceiro melhor desempenho entre as principais criptomoedas. O preço pode se recuperar ou cairá ainda mais dos níveis atuais? Vamos descobrir.

 

O par ETC/USD está tentando formar uma base grande na parte inferior. Ele vem sendo negociado dentro de uma ampla faixa, de US$ 3,40 a US$ 10, desde o final de outubro do ano passado. Este é um sinal positivo porque quanto mais longa a base, mais forte será a eventual fuga dela.

O preço caiu da resistência de US$ 10 depois que os touros não conseguiram escalá-lo por cinco semanas (incluídos em uma elipse no gráfico).

Atualmente, o preço caiu abaixo de ambas as médias móveis, que se estabilizaram. Isso mostra que o preço provavelmente permanecerá dentro do intervalo nas próximas semanas. Se ele cair gradualmente perto do suporte em US$ 3,40 e refletir, sugeriremos posições compradas, uma vez que oferecerá uma oportunidade de compra de baixo risco.

Nossa visão neutra será invalidada se os ursos afundarem o par abaixo de US$ 3,40. Nesse caso, a criptomoeda começará uma nova tendência de baixa.

ADA/USD

O Cardano (ADA) teve o quarto melhor desempenho nos últimos sete dias, apesar de ter caído mais de 4%. Durante a semana, ele se tornou a décima maior criptomoeda por capitalização de mercado. Ele vai manter sua posição ou vai sair novamente do top ten? Vamos descobrir.

 

Os ursos quebraram abaixo do apoio de US$ 0,0592761 na semana anterior, mas não conseguiram sustentar os níveis mais baixos. Isso mostra que os compradores estão dispostos a absorver a criptomoeda em quedas. Todavia, os touros não conseguiram fazer o preço crescer nos últimos sete dias.

Isso mostra que a compra escasseia em níveis mais altos. O par ADA/USD formou um padrão candlestick no dia, que mostra confusão entre compradores e vendedores em relação à próxima direção.

Se o preço cair abaixo de US$ 0,050, ele pode ser corrigido para US$ 0,035 e, se ele quebrar essa barreira, um novo teste das baixas anuais é provável. Por outro lado, se o preço subir acima de ambas as médias móveis, é provável que alcance a resistência de US$ 0,10.

Acreditamos que os comerciantes devem esperar que o preço aumente acima da EMA de 20 semanas antes de estabelecer novas posições.

XMR/USD

O Monero (XMR) está tentando cava seu lugar no top 10 das criptos por capitalização de mercado. Os detalhes técnicos do gráfico mostram alguma configuração de alta? Vamos descobrir.

Os touros estão tentando manter o par XMR/USD acima do suporte em US$ 81. Embora os touros tenham comprado a queda para US$ 71,842 na semana anterior, eles não conseguiram forçar um rebote. Isso mostra uma falta de demanda em níveis mais altos.

Atualmente, o preço está em torno de US$ 81. Se não conseguir saltar deste nível, a probabilidade de um colapso aumenta. O próximo apoio no lado negativo é de US$ 60.

Ambas as médias móveis se estabilizaram e o RSI está próximo de 50, o que aponta para uma consolidação nas próximas semanas. Se o par inverte a direção dos níveis atuais e se move acima de US$ 90,114, ele tentará subir para US$ 120. No entanto, não encontramos nenhuma configuração de compra, assim sendo, permanecemos neutros.

Dados de mercado fornecidos pela exchange HitBTC.