Bancos Centrais da Tailândia e de Mianmar aprovam serviço de remessa blockchain entre os países

Os governadores de dois bancos centrais aprovaram o sistema de remessas baseado no Ethereum (ETH) desenvolvido pela empresa blockchain Everex, segundo comunicado da empresa compartilhado com o Cointelegraph nesta sexta-feira, 5 de abril. O serviço está preparado para enviar pagamentos entre a Tailândia e Mianmar.

O sistema foi apresentado pela startup juntamente com seus parceiros o Krungthai, banco estatal da Tailândia, e o Banco Shwe, de Mianmar, na reunião dos governadores dos bancos centrais das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) e ministros das finanças realizada em 4 de abril.

O comunicado da Everex cita o governador do Banco Central da Tailândia, Veerathai Santiprabhob, comentando o projeto:

“Este projeto é um passo importante para os mais de 3 milhões de trabalhadores na Tailândia que até agora não usam canais seguros.”

De acordo com o comunicado, o governador do banco central de Mianmar, U Kyaw Kyaw Maung, também teceu comentários sobre a iniciativa durante a reunião:

“Ambos os países compartilham uma cultura e tradições comuns. Eles unem os países e as pessoas da mesma forma que o serviço de transferência de  remessas entre fronteiras dos bancos Krungthai e Shwe. As transações serão mais rápidas e mais seguras.”

O comunicado também observa que a empresa recebeu uma carta de aprovação do banco central da Tailândia para lançar seus serviços, conforme solicitado pelas partes envolvidas. Um tweet da Everex desta quinta-feira (04/4) também inclui um link para um comunicado do banco central da Tailândia que detalha a agenda da reunião da ASEAN e descreve o produto da Everex.

De acordo com o comunicado da Everex, em 28 de março, o Krungthai Bank assinou uma Carta de Intenções para apresentar seu serviço de transferência de dinheiro entre a Tailândia e Mianmar. Ainda segundo o comunicado, mais de três milhões de trabalhadores migrantes de Mianmar residem e trabalham na Tailândia e todos os meses enviam parte de sua renda para Mianmar.

Além disso, o serviço baseado no sistema da Everex, chamado “Krungthai Bank and Shwe Bank Remittance powered by Everex” permite aos usuários fazer transferências de dinheiro através de um smartphone a qualquer momento.

Como informado pelo Cointelegraph na semana passada, o Banco Federal da Índia, um banco privado comercial, fez uma parceria com o Ripple para usar sua rede em remessas internacionais.

No Oriente Médio, o banco central dos Emirados Árabes Unidos e a Autoridade Monetária da Arábia Saudita anunciaram em janeiro que estão desenvolvendo sua própria moeda digital interbancária, que será chamada de “Aber”.