Tether está alcançando BTC e ETH nos pagamentos, diz relatório da Bloomberg

A stablecoin Tether (USDT) está ganhando popularidade como método de pagamento, alcançando o Bitcoin (BTC) e o Ether (ETH).

Como a Bloomberg noticiou em 25 de outubro, a processadora de pagamentos CoinPayments registrou o rápido crescimento na popularidade do Tether — uma stablecoin lastreada em 1:1 ao dólar — como meio de pagamento. No site, que possui uma base de 2,4 milhões de usuários, o Tether atualmente responde por 30% do volume, 30 vezes mais que no ano anterior.

Tether mina a liderança do Ether?

A aplicação Bitcoin como meio de pagamento registrou uma queda de volume de quase 60% em relação aos 80% do ano passado, de acordo com a CoinPayments, enquanto o Tether tirou o Ether do segundo lugar. Os usuários escolhem o Tether devido à capacidade da stablecoin de evitar flutuações de preço. Sean Mackay, líder de operações da CoinPayments.net, disse:

“Os comerciantes costumavam aceitar Bitcoin, Ethereum, Ripple e convertê-lo em Tether para se proteger contra a volatilidade. Agora estamos vendo os pagamentos sendo feitos diretamente com o Tether. ”

Além disso, o Tether teve uma adoção mais ampla entre os tipos de comerciantes que têm dificuldade em obter serviços de processamento de cartão de crédito ou são obrigados a pagar altas taxas de processamento de cartão.

Emissão multimilionária de tokens e novas ofertas

Na metade de setembro, a Tether emitiu 300 milhões de USDT como parte da troca do protocolo Omni para a blockchain Ethereum. No entanto, nenhuma queima de token na blockchain Omni ocorreu na época. Em julho, a Tether acidentalmente emitiu e depois queimou 5 bilhões de tokens 5 billion USDT.

Também no mês passado, a Tether anunciou o lançamento de uma nova stablecoin vinculada ao yuan chinês no exterior chamado CNHT. A nova moeda se une às outras stablecoins da Tether lastreadas em dólares dos EUA (USDT) e euro (EURT).

Como parte da expansão de suas ofertas, a Tether planeja para lançar uma versão de stablecoin apoiada por uma cesta de commodities como ouro, petróleo e borracha.