Bancos cripto da Suíça recebem licenças de reguladora financeira

A Autoridade Suíça de Supervisão do Mercado Financeiro (FINMA) concedeu duas licenças de negociação bancária e de valores mobiliários a bancos com foco em criptomoedas.

As duas empresas suíças focadas em criptos, Seba Crypto AG e Sygnum receberam licenças bancárias e de negociação de títulos, segundo os bancos anunciaram em comunicados independentes em 26 de agosto.

Com a nova licença, o Seba espera lançar oficialmente sua nova plataforma de plataforma de negociação no início de outubro de 2019, diz a empresa. Os planos do Seba incluem o estabelecimento de uma plataforma de ativos digitais para traders profissionais, empresas e clientes institucionais, bem como serviços de custódia e gerenciamento de ativos.

Já o Sygnum diz que a aprovação regulatória vai trazer suas ofertas de ativos digitais ao mercado, incluindo uma plataforma integrada de liquidez e custódia para grandes moedas digitais como Bitcoin (BTC), Ether (ETH) e os tokens digitais do franco suíço.

A notícia chega logo após da FINMA lançar suas novas normas de requisitos regulamentares para pagamentos baseados em blockchain. A orientação tem como objetivo normatizar práticas dos provedores de serviço de blockchain, incluindo bolsas, provedores de carteira e plataformas de negociação.

A FINMA ainda diz que as empresas do setor de blockchain não estão isentas dos requisitos de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e de confirmação de identidade dos clientes (KYC).

Até o momento, os mercados cripto registram bons ganhos, com o Bitcoin em alta de 2,52% nas últimas 24h, negociado a US$ 10.324, segundo o Coin360.