Banco cripto suíço Dukascopy deve introduzir sua própria criptomoeda

O banco online baseado na Suíça Dukascopy está desenvolvendo sua própria stablecoin baseada na blockchain Ethereum, segundo um white paper publicado em 27 de junho.

De acordo com o documento, o Dukascopy pretende emitir stablecoins ERC-20 apelidados de “Dukascash” atrelados ao Euro, ao Franco Suíço e ao Dólar Americano, aumentando gradualmente a lista de moedas-base dos tokens Dukascash, dependendo da demanda dos clientes. O banco especificou ainda:

“Os tokens iniciais Dukascash, de aproximadamente CHF 10 milhões ou equivalente, serão emitidos em cada moeda base e inicialmente mantidos pelo banco como tokens "não lançados". Os tokens adicionais Dukascash serão emitidos em parcelas, dependendo da demanda do cliente. Pequenas porções (até 100.000 francos suíços) de tokens Dukascash não liberadas serão então liberadas em favor do banco para permitir a venda de tokens Dukascash aos clientes.”

O banco observa no white paper que o objetivo principal do lançamento do Dukascash é reforçar o uso de tokens de blockchain de pagamento emitidos pela Dukascopy. O estágio público de testes começará no dia 3 de julho.

O banco planeja oferecer posteriormente um serviço de custódia para tokens Dukascash e passar aceitar os tokens Dukascash como pagamento por seus serviços de seus clientes à taxa de câmbio de 1: 1 para sua moeda-base fiduciária.

Em janeiro, a Dukascopy fechou parceria com a exchange européia Bitstamp. A Bitstamp vai aceitar transações em Bitcoin (BTC) em nome do Dukascopy Bank, nas quais os clientes poderão enviar o BTC para suas contas, convertê-los em Dólares Americanos e negociar no Swiss FX Marketplace. Além disso, os clientes podem também transferir seus fundos de volta para a carteira BTC.

Como noticiado hoje mais cedo, plataformas brasileiras, incluindo PagCripto, Nox Trading, 3xBit, e Bitcambio, porem emitir uma stablecoin ERC-20 - atrelada ao Real Brasileiro - o Real-T (REALT).