Mágico das estrelas, Roger Hideo, agora aceita Bitcoin como pagamento

Conhecido como “mágico das celebridades”, o ilusionista Roger Hideo, agora aceita Bitcoin como forma de pagamento para a contratação de seus shows, conforme comunicado de imprensa compartilhado com o Cointelegraph, em 09 de agosto.

Segundo o comunicado, Hideo, trabalha como ilusionista há 12 anos mas sempre teve uma conecção com o mercado financeiro e atividades relacionadas a investimentos. O 'mágico' conheceu a criptomoeda durante um curso de gradução na área de Administração com foco em finanças, concluído em 2019 e que também motivou o artista a aceitar BTC.

"Percebi dois importantes movimentos neste mercado: o primeiro é que se trata da nova tendência mundial e o segundo é que seria uma oportunidade bilionária, pois poucos serviços são oferecidos com essa modalidade de pagamento", diz Hideo.

Seguno ele atualmente, as criptomoedas estão em alta devido a insatisfação de pessoas com o mercado financeiro tradicional. Para ele aceitar o criptoativo também é uma forma de apresentar um diferencial de seus trabalhos.

“Embora ainda com receio da população, as transações em criptoativos já é uma realidade! Quando se entende que o BTC não é duplicável, ou seja, não é passível de falsificação e, devido à tecnologia da Blockchain, é praticamente impossível de ser hackeado, esse medo perde força e com base nisso que decidi oferecer essa opção de pagamento para meus contratantes”, assegura Hideo.

Como reportou o Cointelegraph, um depósito de gás no interior de São Paulo, têm surpreendido os moradores, por aceitar Bitcoin (BTC) como forma de pagamento para a compra de gás de cozinha.

O depósito fica na zona norte de São José dos Campos (SP) e, por conta da aceitação da criptomoeda, segundo a reportagem, acabou virando ponto de visita para curiosos que querem saber o que é o tal do 'bitcoin' e como pode ser possível comprar gás com uma moeda virtual.

O proprietário, Luiz Valentino, explicou que resolveu investir no sistema de pagamento com bitcoin após estudar sobre o assunto e perceber que isso poderia gerar lucro nas vendas. No entanto, ele não esperava que isso se tornasse uma publicidade indireta para o local.